Notícias | Dia a dia | Australian Open
Berdych dispara 52 winners e atropela Del Potro
20/01/2018 às 07h55

Berdych jogou de forma agressiva o tempo todo

Foto: ATP

Melbourne (Austrália) - Com uma atuação quase impecável, o tcheco Tomas Berdych perdeu apenas sete games, demoliu Juan Martin del Potro e retorna às quarta rodada do Australian Open. O cabeça 19 gastou 2h17 para anotar 52 winners e as parciais de 6/3, 6/3 e 6/2.

Seu adversário nas oitavas de final será o italiano Fabio Fognini, depois que o cabeça 25 do torneio suou por cinco sets para superar o veterano francês Julien Benneteau, parciais de 3/6, 6/2, 6/1, 4/6 e 6/3. Berdych e Fognini não se cruzam desde 2015 e estão empatados por 2 a 2 nos cofrontos diretos. O único confronto de Grand Slam e quadra dura aconteceu no US Open de 2011, com vitória fácil do tcheco.

Aos 32 anos e agora 20º do ranking, Berdych atinge as oitavas do Australian Open pela 10ª vez na carreira, marca superior até mesmo à de Ivan Lendl. Ele já esteve nas semifinais de 2014, mas no ano passado parou na terceira rodada diante de Federer. O Australian Open também é agora o Slam em que mais somou vitórias: 43, acima das 42 de Wimbledon.

Para obter sua quarta vitória em nove duelos diante do argentino, Berdych bateu pesado o tempo inteiro, mas mostrou agilidade e arriscou subidas à rede, algo que tem procurado fazer com maior frequência. Além disso, foi muito feliz quando precisou contra-atacar as investidas de Delpo.

Os dois jogadores trocaram quebras precoces na partida, mas Berdych saltou a 4/2 e daí em diante ganhou confiança e dominou a partida. Saiu os dois sets seguintes com quebra cortou as poucas chances do argentino com grandes serviços, como para salvar os dois break-points no segundo set. Seu único momento de baixa veio na hora de fechar o jogo. Poderia ter feito 6/0 e ainda perdeu o serviço com pressas e erros não forçados antes de enfim concluir.

O tcheco fechou o duelo com 21 aces e mais 31 winners da base, números muito superiores aos 9 aces e 17 bolas vencedoras do adversário, e venceu 43 dos 56 pontos em que acertou o primeiro saque.

Comentários