Notícias | Dia a dia | Australian Open
Federer tira Gasquet e enfrenta 80º do ranking
20/01/2018 às 10h05

Federer tem caminho livre para atingir as quartas

Foto: ATP

Melbourne (Austrália) - Mesmo com índice fraco de acerto do primeiro saque, que chegou a estar em 57% após os dois primeiros sets, o suíço Roger Federer manteve o favoritismo e avançou às oitavas de final do Australian Open ao derrotar novamente o francês Richard Gasquet, com parciais de 6/2, 7/5 e 6/4, após 1h58.

Seu adversário de segunda-feira será o pouco conhecido Marton Fucsovics, húngaro de 25 anos e 80º do ranking, que tem apenas sete partidas de nível Grand Slam no currículo e jamais havia vencido três jogos de primeiro nível seguidos. Ele passou na madrugada pelo argentino Nicolas Kiecker, por 6/3, 6/3 e 6/2.

Federer atingiu assim a 90ª vitória em 103 jogos no Australian Open e ampliou seu recorde em torneios de Grand Slam para 328. Em 19 participações em Melbourne, ele chegou pelo menos nas oitavas em 16 ocasiões, outra marca absoluta.

Gasquet é um dos seis maiores 'fregueses' de Federer. Esta foi a 17ª vitória do suíço em 19 duelos e a 12ª consecutiva desde maio de 2011. Ele tem placares mais elásticos sobre David Ferrer e Mikhail Youhzny (17 a 0), Jarkko Nieminen (15 a 0), Robin Soderling (16 a 1) e Nikolay Davydenko (19 a 2).

Na partida deste sábado, Federer nem precisou jogar seu melhor para dominar Gasquet. O suíço na verdade falhou com frequência no backhand, mas ainda assim dominou totalmente o primeiro set a partir da quebra inicial. No outro, aproveitou o único break-point de toda a série graças a seguidos erros do francês.

O terceiro set vinha dominado. Federer conseguiu quebra precocee avançou até 4/2, quando então fez um game irregular, desperdiçou bolas fáceis e foi quebrado. Mas a reação de Gasquet durou pouco. Federer se concentrou novamente, agrediu na hora certa e fechou a partida com nova quebra.

Comentários