Notícias | Dia a dia | Australian Open
Wild tem firme estreia no juvenil do Australian Open
21/01/2018 às 02h10

Wild é o cabeça de chave 9 na chave juvenil

Foto: Divulgação

Melbourne (Austrália) - Começou neste domingo o Australian Open para o paranaense Thiago Wild, que abriu sua campanha na chave juvenil com uma firme vitória para cima do atleta da casa Dane Sweeny, anotando duplo 7/5 em 1h36 de confronto.

Cabeça de chave número 9, o brasileiro terá pela frente o sul-africano Philip Henning, outro que superou a primeira rodada em sets diretos, derrotando o britânico George Loffhagen com o placar final de 7/6 (7-5) e 7/5.

Wild terminou o jogo com números melhores do que o rival em quase todas as estatísticas. Ele anotou mais aces (3 a 2), cometeu menos duplas faltas (2 a 7), colocou mais vezes o primeiro saque em quadra (65% contra 56%) e teve melhor aproveitamento nos break-points (46% a 33%).

Bastante agressivo, o paranaense ainda terminou a partida com quase o dobro de bolas vencedoras (27 a 15) e ainda teve menos erros não forçados do que o rival australiano (30 a 35). Além dos números positivos, ele também mostrou poder de reação nos dois sets que disputou.

Na primeira parcial, Wild não se abateu ao ficar uma quebra atrás em duas oportunidades, devolvendo a desvantagem sempre logo em seguida. O brasileiro seguiu firme até conseguir bater o serviço do rival, quando este sacava pressionado em 6/5, para assim largar na frente no placar.

Assim como no primeiro, o paranaense também ficou atrás no segundo set e novamente teve força para buscar a virada. Sweeny abriu 5/3, perdeu cinco set-points no nono game e depois disso afundou. Wild não só devolveu a quebra no game seguinte, como anotou mais uma para sacramentar a vitória por 2 a 0.

Nas dulpas, Wild e o argentino Sebastian Baez venceram o britânico Jack Draper e o francês Titouan Droguet por 7/5, 3/0 e desistência. Eles enfrentam na segunda rodada o sul-africano Philip Henning e o tcheco Andrew Paulson. Já o paulista Matheus Pucinelli e o pernambucano João Lucas Reis perderam para o romeno Filip Jianu e o argentino Thiago Tirante por 7/6 (7-3) e 7/6 (7-4).

Dois juvenis brasileiros atuam já pela segunda rodada a partir das 22h (de Brasília) deste domingo. Igor Gimenez enfrenta o uzbeque Sergey Fomin na quadra 7, enquanto Matheus Pucinelli joga na quadra 8 contra o australiano Rinky Hijikata. Gimenez ainda retorna já na madrugada de segunda-feira, por volta de 2h30, para estrear nas duplas ao lado do norte-americano Sangeet Sridhar. Os adversários são os tchecos Tomas Machac e Ondrej Styler.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series