Notícias | Dia a dia | Australian Open
Melo e Kubot se despedem nas quartas de final
23/01/2018 às 03h49

Melo e Kubot só conseguiram uma quebra em todo o jogo

Foto: Divulgação

Melbourne (Austrália) - Último brasileiro ainda vivo na chave masculina de duplas, o mineiro Marcelo Melo foi eliminado do Australian Open nesta terça-feira. Ele e o polonês Lukasz Kubot foram surpreendidos nas quartas de final pela parceria do alemão Jan-Lennard Struff com o japonês Ben McLachlan, caindo com parciais de 6/4, 6/7 (4-7) e 7/6 (7-5).

Mesmo com a queda, Melo vai manter a liderança do ranking, uma vez que ele e Kubot conseguiram ir mais longe desta vez no Melbourne Park do que no ano passado, avançando uma rodada a mais que em 2017. Para completar, os melhores ainda na chave são os irmãos norte-americanos Bob e Mike Bryan, que atualmente dividem a 12ª colocação.

Os gêmeos norte-americanos garantiram mais cedo a sua vaga nas semifinais, despachando o polonês Marcin Matkowski e o paquistanês Aisam-Ul-Haq Qureshi com parciais de 6/1 e 6/4. Bob e Mike esperam agora pelos vencedores da partida entre os colombianos Juan Sebastian Cabal e Robert Farah e os australianos Sam Groth e Lleyton Hewitt.

No outro lado da chave, os algozes de Melo e Kubot também ainda não sabem quem terão pela frente, na briga por um lugar na decisão. Eles podem pegar os cabeças de chave número 7, o austríaco Olivier Marach e o croara Mate Pavic, ou a dupla formada pelo neozelandês Marcus Daniell e pelo britânico Dominic Inglot.

Melo e Kubot tiveram enorme trabalho com Struff e McLachlan, que só foram quebrados uma vez, no primeiro set, em que conseguiram duas quebras e levaram a melhor. O mineiro e o polonês conseguiram faturar a segunda parcial no tiebrak, mas na terceira, novamente definida no desempate, eles se deram mal e amargaram a eliminação do torneio.

Comentários