Notícias | Dia a dia | Australian Open
Semifinalista, Mertens não esperava ir tão longe
23/01/2018 às 07h59

A belga de 22 anos está disputando o Australian Open pela primeira vez

Foto: Tennis Australia

Melbourne (Austrália) - Classificada para sua primeira semifinal de Grand Slam, Elise Mertens reconhece que não esperava chegar tão longe no Australian Open. Vinda de título em Hobart, a belga de 22 anos disputa a chave principal em Melbourne pela primeira vez e acumula dez vitórias seguidas no circuito.

"Eu joguei Hobart, defendi meu título e fiquei feliz com isso, mas realmente não tinha muitas expectativas aqui", disse Mertens, que disputa apenas o quinto Grand Slam de sua carreira. Ela sequer esteve na edição passada em Melbourne, porque teria que jogar o quali, mas ainda estava envolvida no WTA de Hobart.

"Joguei contra uma menina vinda do quali na primeira rodada, então eu esperava ganhar lá. Nem sempre é fácil, mas fui seguindo em frente. Na verdade, eu não esperava estar nas semifinais", comenta a belga, que ainda não perdeu sets no Grand Slam australiano. Ela espera por Caroline Wozniacki ou Carla Suárez Navarro.

Algoz da número 4 do mundo Svitolina, com parciais de 6/4 e 6/0, Mertens foi perguntada se esta foi a maior vitória de sua carreira e diz que não esperava chegar tão longe. "Acho que essa é uma das minhas maiores vitórias. Ela se move muito bem e pode fazer grandes coisas na defesa, mas também atacando".

A jogadora de 22 anos já treinou na academia de Kim Clijsters e falou sobre o quanto se inspira nela e também em Justine Henin. "Eu era muito nova quando vi a Clijsters pela primeira vez. Claro que foi na TV, porque eu tinha uns cinco anos de idade. Ela e Justine Henin eram as duas grandes favoritas da Bélgica naquele momento. O que elas conseguiram foi incrível e é claro que eu me inspirei nelas".

Comentários
Faberg
Roland Garros Series