Notícias | Dia a dia | Australian Open
Nadal: 'É preciso pensar na saúde dos jogadores'
23/01/2018 às 13h31

Nadal ainda não tem condições de avaliar a gravidade de sua lesão

Foto: Divulgação

Melbourne (Austrália) - Depois de abandonar seu jogo das quartas de final do Australian Open por conta de lesão muscular na região da virilha, Rafael Nadal afirmou que é preciso que os dirigentes que comandam o circuito mundial precisam pensar mais na condição física dos jogadores, diante do grande número de lesões na elite do tênis masculino.

"As pessoas que comandam o circuito devem pensar um pouco sobre o que está acontecendo", disse Nadal após abandonar o jogo com Marin Cilic quando por 3/6, 6/3, 6/7 (5-7), 6/2 e 2/0. "Muitos jogadores estão se machucando. Eles têm que pensar um pouco sobre a saúde dos jogadores. Há vida após o tênis e não sei o que vai acontecer no futuro com nossas vidas se continuarmos jogando nessas superfícies".

Nadal disse que é muito difícil especificar a lesão e sua gravidade. "É difícil saber exatamente o que é agora, é difícil saber exatamente qual o músculo. Acabou de acontecer minutos atrás e este tipo de lesão é difícil de saber imediatamente. Precisamos esperar algumas horas e amanhã vou fazer uma uma ressonância. E então saberemos".

"É no alto da perna, mas eu não quero mentir. Amanhã vamos comunicar o que está acontecendo após a ressonância magnética. Não é o momento de dizer o que está acontecendo porque realmente não sabemos e o médico também não sabe ainda. É melhor esperar algumas horas. Qualquer coisa que possamos dizer não será verdade, então vamos vamos informá-los amanhã à tarde", comenta o jogador de 31 anos.

O número 1 do mundo, que recebeu atendimento durante o quarto set, relatou que o incômodo começou na parcial anterior. "Comecei a sentir o cansaço muscular no terceiro, mas estava jogando normal, e sem limitação. Então no quarto set, em um drop shot, eu senti alguma. Naquele momento, pensei que algo tinha acontecido, mas não percebi o quanto era ruim. Aconteceu e aceito a situação. Isso é tudo".

Embora tenha garantido a permanência na liderança do ranking, Nadal lamenta a oportunidade perdida de lugar por mais um troféu de Grand Slam. "Não é a primeira vez que eu perco uma oportunidade. Sou uma pessoa positiva, mas hoje é foi uma chance perdida de estar na semifinal de um Grand Slam e lutar pelo título", reconhece o atual vice-campeão.

"Não quero falar em frustração, mas é realmente difícil de aceitar, especialmente depois de tudo o que eu fiz em dezembro. Trabalhei muito para estar aqui. É uma coisa negativa, mas não vou reclamar só porque aconteceu comigo mais do que outros", complementou o espanhol.

Se há uma notícia positiva é que Nadal relatou não ter sentido as lesões no joelho que o fizeram encerrar precocemente a última temporada. "Eu joguei por 3 horas 50 no outro dia [contra Diego Schwartzman nas quartas]. Hoje, eu estava jogando há mais de 3 horas e tudo estava correndo bem".

Comentários