Notícias | Dia a dia | Australian Open
Colombianos eliminam Hewitt e aposentam Groth
24/01/2018 às 06h41

Hewitt e Groth venceram três jogos no torneio antes de caírem nas quartas

Foto: Divulgação

Melbourne (Austrália) - Chegou ao fim nesta quarta-feira a carreira profissional do austrliano Sam Groth. Convidado para jogar a chave de duplas masculinas ao lado do amigo e já aposentado do circuito Lleyton Hewitt, Groth se despediu com derrota por 6/4 e 7/5 para os colombianos Robert Farah e Juan Sebastian Cabal.

Groth tem 30 anos e seu melhor ranking de simples na carreira foi o 53º lugar, alcançado em agosto de 2015. Ele acumulou 38 vitórias na elite do circuito, sendo sete em Grand Slam. Nas duplas, o australiano chegou a ser 24º do mundo e ganhou dois títulos de ATP, em Bogotá-2014 e Newport-2016 com o compatriota Chris Guccione.

Hewitt e Groth conseguiram três vitórias neste Australian Open. Eles estrearam vencendo o cazaque Mikhail Kukushkin e o uzbeque Denis Istomin por duplo 6/3, depois bateram o romeno Horia Tecau e o holandês Jean-Julien Rojer por 7-6 (7-2), 4/6 e 7/5. Já nas oitavas, contaram com desistência dos espanhois Pablo Andujar e Albert Ramos ainda no primeiro set, com placar empatado por 3/3.

Algozes da dupla australiana, Cabal e Farah vão enfrentar os gêmeos norte-americanos Bob e Mike Bryan, donos de seis títulos na Austrália. A outra semifinal tem a embalada parceria do austríaco Oliver Marach com o croata Mate Pavic, que venceram a 12ª seguida na temporada ao marcar 6/4, 6/7 (10-12) e 7/6 (7-5) contra o neozelandês Marcus Daniell e o britânico Dominic Inglor. Seus adversários são o japonês Ben McLahan e o alemão Jan-Lennard Struff.

Comentários