Notícias | Dia a dia | Australian Open
Final de duplas definirá campeões inéditos de Slam
26/01/2018 às 20h44

Cabal e Farah jogam uma final de Slam pela 1ª vez

Foto: Divulgação

Melbourne (Austrália) - Logo após o duelo entre a romena Simona Halep e a dinamarquesa Caroline Wozniacki, que definirá a nova campeã do Australian Open e a número 1 do mundo na próxima segunda-feira, ambas brigando por um título inédito de Grand Slam, haverá a disputa da final de duplas masculinas e novamente serão coroados vencedores inéditos.

De um lado estarão os colombianos Juan Sebastian Cabal e Robert Farah, cabeças de chave 11, que disputam pela primeira vez a decisão de um dos quatro maiores torneios do circuito mundial na 25ª participação deles em eventos deste porte. Os rivais serão o austríaco Olivier Marach e o croata Mate Pavic, sextos mais bem cotados.

Aos 37 anos de idade, Marach tenta se tornar o terceiro austríaco a vencer um Slam nas duplas, sendo assim o quinto que mais torneios disputou até chegar à taça (40). Demoraram mais do que ele só o tcheco Martin Damm (55), o francês Nicolas Mahut (46), o tcheco Cyril Suk (42) e o francês Julien Benneteau (41).

O histórico recente da parceria de Pavic com Marach é dos mais animadores, com eles ostentando uma invencibilidade de 14 jogos e títulos nas duas primeiras semanas da temporada, em Doha e Auckland. Atual 16 do mundo, o croata garantiu já seu melhor ranking com a campanha em Melbourne, saltando para o quinto posto independente do resultado, ao passo que o austríaco poderá ser o oitavo, igualando sua melhor marca, se for vice e sexto com o título.

A dupla colombiana também vai alcançar o ápice na ATP. Cabal está subindo para o 14º lugar com a vaga na final e pode entrar para o top 10 pela primeira vez com o título. Já Farah vai igualando a marca mais alta, a 21ª colocação, e sonha em alcançar a 14ª posição se a taça vier.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series