Notícias | Dia a dia | Australian Open
Filho de Petr Korda conquista o juvenil na Austrália
27/01/2018 às 10h56

Sebastian treina sempre com o pai, ex-número 2 do ranking

Foto: Site oficial

Melbourne (Austrália) - Vinte anos depois do título de Petr Korda no Australian Open em 1998, outro nome da família entrou para a galeria de campeões do Grand Slam austaliano. O norte-americano de 17 anos Sebastian Korda, filho do tcheco que já foi número 2 do mundo, conquistou neste sábado a chave juvenil.

Atual sétimo colocado no ranking mundial juvenil, Korda superou o taiwanês Chun Hsin Tseng, por 7/6 (8-6) e 6/4. "É muito especial conquistar este título, especialmente por estar na Austrália. Minha irmã ganhou seu primeiro título aqui também", lembrou, referindo-se à conquista de Jessica no Aberto de golde disputado em 2012. "Minha principal meta era vencer este torneio como presente de aniversário de 50 anos do meu pai. E minha mãe faz anos no dia 5", lembrou.

Sebastian conta que tentou outros esportes antes do tênis. "Mas eu achava golfe muito chato quando criança, mesmo tem handicap de 2, e joguei hóquei sobre o gelo antes de focar no tênis, quando tinha 10 anos. Me apaixonei pelo esporte. Eu acompanhava meu pai em muitos torneios junto a Radek Stepanek e ele sempre me apoiou, é meu principal técnico e contra quem mais jogo. Vi assisti seus jogos muitas vezes no YouTube, talvez uma vez por mês. É uma grande motivação".

Na decisão feminina, a taiwanesa e cabeça 2 En Shuo Liang superou sem dificuldades a francesa Clara Burel, 6/3 e 6/4. Pouco depois, Liang se juntou à chinesa Xinyu Wang e faturou também o título de duplas ao superar a suíça Lulu Sun e a papuásia Violet Apisah, por 7/6 (7-4), 4/6 e 10-5.

A final de duplas masculinas aconteceu nesta sexta-feira e terminou com título dos franceses Hugo Gaston e Clement Tabur, que venceram os alemães Rudolf Molleker e Henri Squire por duplo 6/2.

Comentários