Notícias | Dia a dia
Wozniacki retoma ponta depois de 6 anos de espera
29/01/2018 às 08h49

Wozniacki vai jogar nesta semana em São Petersburgo

Foto: Divulgação

Miami (EUA) - Nunca uma jogadora esperou tanto tempo para voltar à liderança do ranking. Seis anos depois de ocupar o número 1 do mundo, a dinamarquesa Caroline Wozniacki retomou a dianteira na WTA e desta vez com o tão sonhado título de Grand Slam que lhe faltava no currículo, conquistado no último sábado ao bater a romena Simona Halep na final do Australian Open.

A vice-campeã em Melbourne não só viu a taça, que também seria sua primeira de Slam da carreira, escapar por entre os dedos, mas também perdeu a liderança para sua algoz. Completando o top 3, aparece a ucraniana Elina Svitolina, que ultrapassou a espanhola Garbiñe Muguruza, derrubada para a quarta colocação na lista da WTA.

O quinto lugar aparece nas mãos da tcheca Karolina Pliskova, seguida pela letã Jelena Ostapenko (6ª), que alcançou seu melhor ranking da carreira, pela francesa Caroline Garcia (7ª), outra em sua melhor marca, e pela norte-americana Venus Williams, que perdeu três lugares e agora é a 8ª do mundo.

Logo abaixo vem a alemã Angelique Kerber, que foi até a semifinal na Austrália e com isso garantiu o retorno ao top 10, ganhando sete lugares. Fechando a lista das 10 melhores está a francesa Kristina Mladenovic, que embora amargue uma incômoda série de 15 derrotas seguidas, ainda assim ganhou uma posição e assim como a germânica voltou ao top 10.

Uma das surpresas em Melbourne, indo até as semifinais, a belga Elise Mertens teve uma das maiores ascensões do top 100, ganhou 17 lugares e agora é a 20ª do mundo, sua melhor marca da carreira. Mas arrancada mesmo deu a tcheca Denisa Allertova, que furou o quali e foi até as oitavas, ganhou assim 44 postos e foi para a 86ª colocação.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis