Notícias | Copa Davis
Monteiro precisa de três sets, mas vence a primeira
02/02/2018 às 23h18

Monteiro marcou a terceira vitória em Copa Davis na carreira

Foto: Arquivo

Santo Domingo (República Dominicana) - Com a missão de vencer para não deixar o Brasil em situação delicada na Copa Davis, Thiago Monteiro precisou de três sets para vencer sua partida nesta sexta-feira e empatar o duelo diante da República Dominicana em Santo Domingo. Monteiro marcou as parciais de 6/7 (6-8), 7/5 e 6/2 diante do dominicano Roberto Cid, que é apenas o 468º do ranking.

Esta foi a terceira vitória de Monteiro pela Copa Davis, sendo a primeira no piso duro. O cearense forçou o empate no primeiro dia do confronto, já que mais cedo o paulista João Pedro Sorgi perdeu para o anfitrião José Hernandez-Fernandez por 6/2, 4/6 e 7/6 (7-3). Os outros três jogos do confronto acontecem no sábado, a partir das 17h (de Brasília).

Quem abre a programação no segundo dia de disputas no Club Deportivo Naco é a dupla formada pelo mineiro Marcelo Melo e o gaúcho Marcelo Demoliner, que encaram Nick Hardt e Jose Olivares. Caso os brasileiros confirmem o amplo favoritismo, Monteiro voltaria a quadra para enfrentar José Hernandez-Fernandez precisando apenas de mais uma vitória para definir o confronto.

Logo nos primeiros games da partida, Monteiro já mostrava sua superioridade diante de Cid ao levar boa vantagem nas trocas de bola. O cearense foi o primeiro a quebrar, ainda no início do jogo, e chegou a liderar o set inicial por 5/2. Entretanto, a insistência do 117º do ranking em partir para a definição dos pontos resultava em frequentes erros não-forçados, que davam confiança ao adversário e o colocavam no jogo.

Monteiro perdeu um set point e foi quebrado quando sacava para fechar a primeira parcial. Para agravar a situação, o cearense perderia outro set point já durante o tiebreak e veria o rival começar o jogo em vantagem. Bastou que Monteiro trabalhasse os pontos com um pouco mais de paciência para que ele voltasse a ser superior e assim foi o primeiro a quebrar também no segundo set. Mais uma vez o cearense perderia a chance de fechar o set, mas voltaria a quebrar de imediato quando o rival poderia crescer no jogo.

O resultado do segundo set foi determinante para a confiança dos dois jogadores. Enquanto Monteiro reduzia o número de erros, Cid parecia sentir que sua oportunidade já havia passado e ofereceu pouca resistência na parcial decisiva. Monteiro quebrou duas vezes e logo já estava liderando por 4/0. Com vantagem confortável no placar, bastou ao cearense manter o saque para confirmar a vitória.

Comentários