Notícias | Dia a dia
Serena sai positiva, mas reconhece longo processo
12/02/2018 às 13h45

Serena não fez um grande jogo em seu retorno

Foto: Divulgação

Asheville (EUA) - Apesar da derrota no retorno às quadras, a norte-americana Serena Williams não saiu chateada com o que apresentou neste último domingo, quando disputou a partida de duplas ao lado da irmã Venus Williams no já decidido confronto com a Holanda, válido pela primeira rodada do Grupo Mundial I da Fed Cup.

"Foi muito especial poder voltar ao lado de Venus e fico feliz pelo time norte-americano ter vencido hoje e assim termos avançado para a próxima rodada. Honestamente, me senti melhor do que imaginava. Sinto que me coloquei de volta nos trilhos", comentou Serena, que ao lado da irmã perdeu para as holandesas Demi Schuurs e Lesley Kerkhove com parciais de 6/2 e 6/3.

Serena mostrou uma agilidade bem abaixo do normal e certa lentidão em quadra, mas nada disso a deixou negativa com sua apresentação. "Definitivamente, é o começo de um longo processo. Estou bem fisicamente e vou melhorando a cada dia. Foi muito bom poder voltar às quadras. Estava treinando e jogar de novo é uma coisa muito empolgante. Houve um certo nervosismo antes, mas algo normal ", disse.

A presença da filha Alexis Olympia Ohanian Jr. Foi comemorada pela mamãe Williams. "É minha primeira partida e fico feliz por ela ter podido assistir. É uma experiência incrível de aprendizado pela qual estou tentando passar da melhor maneira possível", declarou a ex-número 1 do mundo, que quer voltar com tudo para o circuito.

"Se for para ter expectativas baixas então é melhor nem começar. Isso nunca vai acontecer e por isso voltarei como sempre, esperando grandes conquistas. Tenho metas a longo prazo, mas no momento meu foco é no que acontece agora. Claro que gostaria de chegar aos 25 títulos de Slam, mas não quero me limitar a isso", encerrou Serena, que atualmente tem 23 Slam, um a menos que a atual recordista, a australiana Margaret Court.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis