Notícias | Dia a dia
Kasatkina salva três match points e decide Dubai
23/02/2018 às 14h45

A jovem russa de 20 anos já salvou cinco match points no caminho até a final

Foto: Divulgação

Dubai (Emirados Árabes) - Apenas dois dias depois de salvar dois match points diante de Johanna Konta pelas oitavas de final, Daria Kasatkina conseguiu mais uma virada nesta sexta-feira para garantir um lugar na final do WTA Premier de Dubai. A russa de 20 anos e 24ª do ranking salvou três match points na vitória por 3/6, 7/6 (13-11) e 6/1 sobre Garbiñe Muguruza nesta sexta-feira.

A grande campanha nos Emirados Árabes já faz com que Kasatkina tenha o melhor ranking da carreira. Ela já vai ultrapassar duas jogadoras e pode entrar no top 20 pela primeira vez na carreira caso conquiste seu segundo título de WTA. Será a terceira decisão para a jovem russa, que venceu o torneio de Charleston no ano passado e foi vice em Moscou.

Kasatkina não aproveitou as quatro chances de quebra que teve no game de abertura e perdeu o saque no único break point que enfrentou no set inicial. Muguruza foi a primeira a quebrar no último set, mas não sustentou a liderança e desperdiçou a chance de sacar para o jogo quando vencia por 5/4.

Em um tiebreak com muitas trocas de vantagem, a espanhola chegou a ter três match points, um deles com o próprio saque, mas não os aproveitou. Kasatkina empatou a partida apenas no quarto set point que teve. A parcial decisiva foi fácil e rápida para a jovem russa, que perdeu só quatro pontos no saque e quebrou três vezes. Ainda que Muguruza tenha liderado nos winners por 30 a 19, a espanhola também fez 60 erros contra 38 da rival.

Na outra semifinal desta sexta-feira, Elina Svitolina repetiu o resultado de um ano atrás e bateu Angelique Kerber para voltar à decisão. Atual campeã em Dubai e número 4 do mundo, a ucraniana marcou um duplo 6/3 em 1h25 para obter sua quinta vitória seguida sobre Kerber e a sétima em doze confrontos diante da canhota alemã

A partir do meio-dia (de Brasília) deste sábado, Svitolina disputará a 13ª final de sua carreira e tentará conquistar o 11º troféu. Mesmo que defenda o título, a ucraniana de 23 anos pode ter prejuízo no ranking. Isso porque o torneio de Dubai desceu de categoria este ano e ela só pode defender 470 dos 900 pontos que tem a descontar. A campanha até a final rende só 305 pontos. Os dois duelos anteriores entre as duas finalistas foram vencidos pela ucraniana.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis