Notícias | Dia a dia
Osaka domina e conquista 1º título em Indian Wells
18/03/2018 às 16h28

Osaka praticamente dobra a premiação acumulada na carreira

Foto: Divulgação

Indian Wells (EUA) - No duelo entre duas jogadoras de apenas 20 anos e integrantes da nova geração do tênis feminino, Naomi Osaka levou a melhor sobre Daria Kasatkina. A japonesa foi dominante e contou com uma tarde pouco inspirada da rival russa para marcar as parciais de 6/3 e 6/2 em apenas 1h10 de partida.

Este foi o primeiro título da carreira de Osaka, que até então só havia disputado a final do Premier de Tóquio em 2016. Durante o caminho, ela passou por jogadoras de destaque como Maria Sharapova, Agnieszka Radwanska, Karolina Pliskova e Simona Halep. Foram duas vitórias contra top 5, três contra jogadoras que estiveram ou que ocupam o primeiro lugar do ranking.

Osaka praticamente dobra a premiação acumulada na carreira. Em toda sua trajetória no circuito antes do torneio ela tinha US$ 1.483.053. Já o milionário evento californiano oferece US$ 1.340.860 para a campeã.

Osaka é a campeã mais jovem de um torneio Premier Mandatory, com mil pontos para a vencedora, desde o título de Caroline Wozniacki em Pequim no final de 2010. A japonesa também é a jogadora de ranking mais modesto a vencer um torneio deste tamanho desde a então 24ª colocada francesa Aravane Rezai no saibro de Madri, também em 2010.

Atual 44ª do ranking, Osaka dará um salto no ranking e terá a melhor marca da carreira a partir de segunda-feira. A japonesa assumirá a 22ª posição. Kasatkina, que poderia entrar no top 10 em caso de título, também bate seu recorde pessoal e sobe do 19º para o 11º lugar. A russa passou por quatro campeãs de Grand Slam: Sloane Stephens, Caroline Wozniacki, Angelique Kerber e Venus Williams.

Ainda no game de abertura, Kasatkina usou de seus slices e variações de altura para tentar comprometer o ritmo da adversária e teve sucesso ao conseguir uma quebra. Mas logo na sequência, Osaka usou de boas devoluções cruzadas com o backhand para pressionar o saque da russa e igualar as ações imediatamente.

Aos poucos, Osaka começava a se sentir mais confortável para ditar o ritmo da partida. Consistente do fundo de quadra, viu Kasatkina tentar atacar um pouco mais e se perder em erros não-forçados, dando pontos importantes de graça. A russa não aproveitou o break point que teve no sétimo game, foi quebrada na sequência, e viu Osaka definir a parcial no saque.

Faltava confiança para Kasatkina que cometia erros sempre que tentava tirar a bola do meio e, com isso, mal conseguia movimentar sua adversária. Com uma dupla-falta, a russa foi quebrada logo na abertura do segundo set e a japonesa ampliou a vantagem no quinto game chegando a liderar por 5/1. Kasatkina até voltaria a confirmar o saque, mas não teve outras chances de equilibrar o jogo.

Osaka liderou a contagem de winners por 23 a 10, sendo que no primeiro set a diferença era de 14 a 3. O número de erros não-forçados foi equilibrado, com 24 para a japonesa e 25 para a russa. Se no primeiro set, Kasatkina ainda teve uma quebra a favor, a russa só fez três pontos no saque da adversária na parcial seguinte.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis