Notícias | Dia a dia
Halep não terá número 1 ameaçado em Miami
19/03/2018 às 09h49

Halep seguirá mais algumas semanas na ponta

Foto: Arquivo

Miami (EUA) - A romena Simona Halep não apenas manteve a liderança do ranking depois do Premier de Indian Wells, como também garantiu já a manutenção do número 1 por mais algumas semanas, já que também não correrá o risco de perder a dianteira depois do Premier de Miami, independente dos resultados no torneio.

Segunda colocada na WTA, Caroline Wozniacki está 860 pontos atrás de Halep, mas como defende 435 pontos a mais do que a romena poderá diminuir a diferença entre elas para no máximo 305 pontos. De consolação para a dinamarquesa fica apenas o fato dela também dificilmente perder seu lugar no ranking.

Para ser ultrapassada pela espanhola Garbiñe Muguruza, única capaz de tal feito, ela tem que cair antes das oitavas, ou seja, não pode vencer mais do que uma partida, já que entra adiantada na chave, e ver a rival conquistar o título em Miami.

A disputa da terceira posição para baixo é bem maior, uma vez que as diferenças são mais reduzidas. Completam o atual top 5 a ucraniana Elina Svitolina, que se manteve na quarta colocação, e a jovem letã Jelena Ostapenko, que subiu uma posição e debutou na zona das cinco melhores do mundo.

Melhor brasileira na WTA, a paulista Beatriz Haddad Maia não se deu muito bem e acabou caindo cinco lugares e agora é a 64ª do mundo. Ela também é a sul-americana mais bem colocada, seguida pela paraguaia Veronica Cepede, a 78ª no ranking feminino, sendo que apenas as duas aparecem no top 100.

Ex-número 1 do mundo, a norte-americana Serena Williams enfim voltou a aparecer na lista, ocupando a modesta 491ª colocação. Outra mamãe que já foi líder e busca se recuperar é a bielorrussa Victoria Azarenka, que ganhou 18 postos com a campanha em Indian Wells e voltou para o top 200 na 186ª posição.

Campeã no deserto californiano, Osaka saltou 22 lugares e agora é a 22ª do mundo, seu melhor ranking da carreira. Já a vice, a russa Daria Kasatkina, teve uma ascensão um pouco mais comedida, melhorou seu posicionamento em oito postos e por pouco não entrou no top 10 pela primeira vez, parando na 11ª colocação.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis