Notícias | Dia a dia
Americana reclama da organização em Miami
19/03/2018 às 13h59

Vickery nasceu e cresceu em Miami

Foto: Divulgação

Miami (EUA) - Sachia Vickery resolveu disparar contra a organização do Premier de Miami. A norte-americana de 22 anos e atual 89 do mundo não gostou nada de não ter sido lembrada pela direção na hora da divisão de convites e acabou se pronunciando através das redes sociais.

"Não sou pessoa de reclamar dos convites dados, mas estou muito decepcionada ao ver que tenho sempre que conseguir o que quero já que negaram minha solicitação na chave principal", escreveu a norte-americana, que terá que disputar o qualificatório, no qual será a cabeça de chave 10.

"Nasci e cresci em Miami e me formei como jogadora no Crandon Park (sede do torneio). Tive bons resultados neste ano e fico desapontada", complementou Vickery, responsável pela eliminação da espanhola Garbiñe Muguruza em Indian Wells.

A norte-americana vem subindo bem no ranking neste começo de temporada. Em dois meses e meio de competições, saiu da 122ª colocação e entrou no top 100 pela primeira vez, ocupando agora o 89º posto, o melhor da carreira.

Foram distribuídos ao todo oito convites para a chave principal em Miami, com destaque para a norte-americana Serena Williams e a bielorrussa Victoria Azarenka, ambas ex-número 1 do mundo. Cinco dos outros seis foram para atletas da casa: Bethanie Mattek-Sands, Bernarda Pera, Claire Liu, Whitney Osuigwe e Amanda Anisimova, com a australiana Ajla Tomljanovic fechando a lista.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis