Notícias | Dia a dia
Osaka mantém o embalo e derruba Serena em Miami
21/03/2018 às 19h18

Após vitória contra Serena, Osaka desafia a top 5 Svitolina

Foto: Divulgação

Miami (EUA) - Apenas três dias depois de conquistar seu primeiro título de WTA em Indian Wells, Naomi Osaka conseguiu mais uma expressiva vitória. Diante da jogadora em quem se inspirou para se tornar tenista profissional, a japonesa de apenas 20 anos e 22ª do ranking marcou as parciais de 6/3 e 6/2 sobre Serena Williams logo na estreia do Premier de Miami em apenas 1h17 de partida.

Esta já é a quarta vitória de Osaka contra uma jogadora que liderou ou lidera o ranking mundial nas últimas duas semanas. No caminho até o troféu na Califórnia, a japonesa já havia passado por Maria Sharapova, Karolina Pliskova e Simona Halep, sempre em sets diretos, como também fez nesta quarta-feira.

Osaka havia caído na segunda rodada de Miami no ano passado, fase em que perdeu para Halep. Com isso, a japonesa já defende os 35 pontos conquistados na última edição do torneio e pode seguir ganhando terreno no ranking. Ela já ocupa a melhor marca da carreira após a conquista em Indian Wells. Na próxima rodada, Osaka tentará sua terceira vitória contra top 5, já que enfrentará a quarta colocada ucraniana Elina Svitolina. 

De quebra, Osaka ainda tenta se tornar a quarta jogadora a fazer a dobradinha de Indian Wells e Miami. Apenas três mulheres, todas ex-líderes do ranking, conseguiram vencer os dois fortes torneios americanos do mês de março. A alemã Steffi Graf o fez duas vezes, em 1994 e 1996. Depois, a belga Kim Clijsters ganhou os dois títulos em 2005. Recentemente, quem conseguiu terminar o mês com 2 mil pontos no ranking foi Victoria Azarenka, com duas conquistas em 2016.

Dona de oito títulos em Miami, Serena sofreu apenas a nona derrota em sua trajetória no evento, no qual já venceu 75 jogos. A veterana de 36 anos também nunca havia perdido na estreia na Flórida, onde seus piores resultados foram campanhas até as oitavas de final em 2000 e 2016. Outra estatística expressiva é Serena não perdia na primeira fase de um torneio americano no piso duro há 21 anos.

Serena ficou mais de um ano sem atuar no circuito por conta da gravidez e do nascimento da filha Alexis Olympia, em setembro. Ela retornou na semana passada, sem ranking, em Indian Wells. Com duas vitórias na Califórnia, a veterna de 36 anos ficou com a modesta 491ª posição na lista da WTA.

Em comum entre os dois sets da partida desta quarta-feira estava o fato de Osaka ter que salvar um break point no começo de cada parcial. A japonesa sacou bem nas duas vezes em que foi ameaçada e não permitiu nenhuma quebra a Serena. E tal como havia feito contra o grande saque de Karolina Pliskova em Indian Wells, Osaka devolvia os primeiros serviços de Serena de cima da linha de base e os segundos saques de dentro da quadra.

A pressão exercida por Osaka, aliada a um dia em que Serena colocou apenas 53% de primeiros saques em quadra e com dificuldade na movimentação resultou em uma americana bastante frágil. Serena cometeu 28 erros não-forçados e venceu apenas oito dos 26 pontos jogados com o segundo serviço, permitindo oito break points à japonesa. Com duas quebras seguidas, Osaka fechou o primeiro set vencendo os últimos quatro games. A embalada asiática ainda contou com quatro duplas faltas da ex-número 1 na parcial seguinte para quebrar outras duas vezes e fechar a partida com autoridade.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis