Notícias | Copa Davis
Isner e Querrey fazem 2 a 0 em cima da Bélgica
07/04/2018 às 08h18

Querrey dominou jogo com seu poderoso saque

Foto: Site oficial

Nashville (EUA) - Apesar de dificuldade superior à imaginada diante de uma Bélgica desfalcada, os Estados Unidos confirmaram o favoritismo sobre o piso veloz e coberto de Nashville e conseguiram duas vitórias nas partidas iniciais de simples no duelo que faz pelas quartas de final do Grupo Mundial da Copa Davis.

Apenas cinco dias depois de conquistar o mais importante título de sua carreira, o já veterano John Isner encarou uma partida inesperadamente difícil, lutou por 3h14 e conseguiu dar o primeiro ponto ao vencer Joris De Loore por 3 sets a 1 e parciais de 6/3, 6/7 (4-7), 7/6 (10-8) e 6/4. Mesmo número 319 do ranking, De Loore teve dois sets points no segundo tiebreak.

"Acredito que meu adversário jogou bem o tempo inteiro e me obrigou a jogar ainda mais para derrotá-lo", garantiu o agora top 10. Isner anotou assim sua sétima vitória consecutiva depois de iniciar uma temporada com apenas dois resultados positivos em oito jogos, sendo um deles justamente a da primeira rodada da Copa Davis, diante da Croácia.

Pouco depois, Sam Querrey também precisou se esforçar para anotar 3 sets a 0 em cima do canhoto Ruben Bemelmans, com o placar de 6/1, 7/6 (7-5) e 7/5, após 2h08. O belga conseguiu um único break point em toda a partida, mas sem sucesso. Querrey anotou 20 aces e ganhou 83% dos pontos em que acertou o primeiro saque.

Finalista da Davis no ano passado, a Bélgica desta vez não conta com David Goffin, que ainda se recupera da bolada que sofreu no olho e só disputou uma partida desde então, nem com o também contundido Steve Darcis. Os norte-americanos devem colocar Ryan Harrison e Jack Sock neste sábado para enfrentar Sander Gille e Joran Vliegen.

Comentários