Notícias | Copa Davis
Melo e Demoliner prevalecem e Brasil faz 2 a 1
07/04/2018 às 20h26

Melo e Demoliner sequer enfrentaram break points na partida deste sábado

Foto: Divulgação

Barranquilla (Colômbia) - O Brasil ficou mais perto de vencer o duelo contra a Colômbia pelo Zonal Americano I da Copa Davis. No importante jogo de duplas, que abriu a programação deste sábado, Marcelo Melo e Marcelo Demoliner superaram a forte parceria local formada por Robert Farah e Juan Sebastian Cabal por 7/6 (7-5) e 6/4 em 1h44 de partida.

Com isso, a equipe brasileira passa a liderar por 2 a 1 o confronto disputado em quadra de piso duro no Parque Distrital de Raquetas, em Barranquilla. Com o novo regulamento para os Zonais a partir deste ano, as eliminatórias continentais são disputadas em apenas dois dias e o sábado pode ter ainda mais dois jogos.

O cearense Thiago Monteiro tem a chance de definir o confronto. Número 1 do Brasil e 125º do ranking, ele enfrenta ainda neste sábado o jovem anfitirião de 21 anos Daniel Galán, 257º colocado. Já um eventual quinto jogo poderia ter Guilherme Clezar contra Santiago Giraldo ou Alejandro González.

Enquanto Cabal e Farah são a terceira melhor dupla da temporada e foram vice-campeões do Australian Open, Melo divide a liderança no ranking mundial de duplas com o parceiro habitual polonês Lukasz Kubot, enquanto Demoliner que não tem parceiro fixo é o atual 55º colocado. Números que indicavam equilíbrio para a partida.

Melo e Demoliner confirmaram todos os seus games de serviço e não enfrentaram um break point sequer. Os brasileiros tiveram duas chances de quebrar no primeiro set e não aproveitaram, mas uma grande devolução do mineiro no tiebreak foi decisiva para vencer a parcial. Uma quebra a favor dos brasileiros logo no início do segundo set foi a única de todo o jogo. O mineiro e o gaúcho seguiram sem ter o saque ameaçado e rumaram para a importante vitória.

Aos 34 anos, Melo marcou sua 17ª vitória em 21 jogos de duplas na Davis. O experiente mineiro também tem uma vitória em simples. Já Demoliner, que estreou na Davis no duelo contra a República Dominicana em fevereiro, venceu seu segundo jogo de Davis.

O Brasil venceu todos os oito duelos de Copa Davis que fez contra a Colômbia, sendo o último em 2012, no saibro de São José do Rio Preto. Caso consiga a vitória fora de casa, a equipe nacional disputará os playoffs valendo vaga no Grupo Mundial, entre os dias 14 e 16 de setembro.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series