Notícias | Copa Davis
Ferrer luta por quase 5h e classifica a Espanha
08/04/2018 às 14h02

Ferrer acumula 28 vitórias na Davis, competição em que perdeu só cinco jogos

Foto: Divulgação

Valência (Espanha) - Uma partida com 4h51 de duração definiu o equilibrado confronto entre Espanha e Alemanha pelas quartas de final do Grupo Mundial da Copa Davis. David Ferrer, de 35 anos, e Philipp Kohlschreiber, 34, fizeram um duelo de veteranos no quinto jogo da série disputada em quadra de saibro montada na Praça de Touros de Valência. Ferrer prevaleceu e fez a festa da torcida espanhola ao vencer por 7/6 (7-1), 3/6, 7/6 (7-4), 4/6 e 7/5.

A Espanha conquistou seus cinco títulos da Davis entre os anos de 2000 e 2011 e não fazia uma campanha tão boa desde o vice-campeonato em 2012. A semifinal contra a atual campeã França será disputada entre os dias 14 e 16 de setembro, fora de casa. Os espanhós lideram o retrospecto diante dos franceses por 6 a 2.

Prestes a completar 36 anos, Ferrer tem um histórico respeitável em Copa Davis. O veterano espanhol venceu 28 jogos pela competição e perdeu apenas cinco. No saibro, são dezessete vitórias e apenas uma derrota, sofrida na última sexta-feira para Alexander Zverev.

Primeiro a quebrar na partida, Ferrer aproveitou o break point que teve no sexto game e perdeu o saque de zero logo na sequência. O espanhol teve três chances de fechar o set quando vencia por 6/5, mas só conseguiu definir a parcial depois de dominar o primeiro tiebreak do jogo. Kohlschreiber reagiu no segundo set, em que conseguiu duas quebras seguidas contra o atleta da casa.

Uma breve interrupção por chuva atrapalhou os planos de Ferrer no início do terceiro set. O intervalo no meio de seu game de serviço o fez voltar à quadra sem a mesma precisão e permtindo quatro pontos seguidos ao rival. O espanhol, entretanto, recuperou rapidamente o ritmo e buscou o empate.

Depois de sobreviver a uma de seis break points, Ferrer voltaria a perder o saque quando o placar estava empatado por 4/4. Kohlschreiber sacou para fechar, mas não aproveitou. O alemão começou vencendo o tiebreak por 3-0, mas acumulou péssimas jogadas como um drop shot mal escolhido, um voleio errado e muitas bolas para fora que decidiram o set.

Os sacadores dominaram o quarto set, que teve apenas dois break points. Ferrer não aproveitou a chance que teve, ainda no começo da parcial, e foi quebrado no décimo e último game da parcial. A reação foi imediata para o espanhol, que quebrou na abertura da parcial decisiva e começou vencendo por 2/0.

Com muito vento, já não havia mais pó em quadra e as condições ficavam mais rápidas. O alemão buscou o empate no sexto game e a partida ficou dramática. Ferrer confirmou dois games de serviço duríssimos, quando perdia por 4/3 e por 5/4. Kohlschreiber errou quando não poderia. Dois voleios mal executados custaram-lhe a quebra no penúltimo game da partida. Sacando para o jogo, Ferrer foi decisivo e fechou o jogo com uma passada espetacular.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series