Notícias | Copa Davis
Herói na Davis, Ferrer comemora 'dia inesquecível'
09/04/2018 às 09h37

Ferrer colocou a Espanha na semi da Davis

Foto: Paul Zimmer/ITF

Valência (Espanha) - Mesmo depois de não ter conseguido dar sequer algum trabalho ao alemão Alexander Zverev no primeiro jogo da série, o espanhol David Ferrer foi mantido pelo capitão Sergi Bruguera e entrou em quadra na partida que definiria o vencedor. Em duelo com Philipp Kohlschreiber ere teve sua redenção no fim de semana, venceu uma batalha de quase cinco horas e classificou a 'Armada' para as semifinais da Copa Davis.

"É um dia inesquecível, não sei como consegui fazer. Essa competição é o máximo, quero agradecer a toda a equipe pelo carinho e confiança que me deram, sem todos eles, não estaríamos nas semifinais", comentou o herói espanhol, que precisou de cinco sets e 4h51 de embate para conquistar a vitória e garantir o duelo com os franceses, atuais campeões, na próxima fase da competição.

"Foi um prêmio poder jogar aqui diante desta torcida e de toda minha família, principalmente de minha mulher, que carrega o meu filho que nascerá em duas semanas. Agradeço ao capitão que confiou em mim, o que não era nada fácil", festejou o veterano de 35 anos, que disputou sua 20ª série de Davis e soma 28 vitórias e apenas cinco derrotas.

Ferrer falou um pouco sobre a dificuldade que foi o duelo com Kohlschreiber, principalmente por causa das condições climáticas com um vento constante durante o jogo. "Tive que aceitar os erros e lutar por cada ponto, ter fé e ser positivo. O capitão, a equipe e a torcida ajudaram e se não fossem assim eu não teria conseguido", finalizou o espanhol, que venceu Kohlschreiber pela 11 ª vez em 14 encontros.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series