Notícias | Dia a dia
'Não pensei na lesão e segui jogando', diz Halep
25/04/2018 às 20h55

Romena esclarece que atendimento no 1º set foi para tratar problema muscular

Foto: Divulgação

Stuttgart (Alemanha) - Depois de vencer seu jogo de estreia no WTA Premier de Stuttgart, Simona Halep falou sobre o atendimento que recebeu ainda durante o set inicial da vitória contra a eslovaca Magdalena Rybarikova. O que parecia ser um problema no quadril foi, na verdade, uma lesão no músculo posterior da coxa, sentinda a partir do momento em que a romena tentava alcançar um drop shot da adversária.

"Estava muito escorregadio e no 3/3 do primeiro set, eu senti um músculo na minha perna", disse Halep após a vitória por 4/6, 6/2 e 6/3. "Foi difícil continuar em quadra, mas eu não queria parar. Parei de pensar sobre a lesão e continuei jogando", comentou a romena, que foi atendida quando perdia por 5/4. Além de não vencer o primeiro set, a líder do ranking ainda foi quebrada no início da parcial seguinte.

"Ela jogou muito bem no primeiro set e sempre foi uma adversária muito difícil para mim", disse após marcar sua quarta vitória em seis duelos contra Rybarikova. "Eu só queria manter a bola em quadra e explorar mais o backhand dela. Eu tentei parar de errar porque eu estava dando muitos pontos de graça até o início do segundo set. A partir daí, eu fui capaz de encontrar o ritmo e jogar ponto a ponto",

"O set final foi bom e acho que joguei de forma inteligente. Eu joguei como eu deveria ter feito desde o começo, mas não estava conseguindo nenhum ângulo no início da partida e por isso eu perdi o primeiro set, mas então mudei a tática e me senti realmente melhor", explica a romena que fez 14 erros no primeiro set e terminou o jogo com 24. Nos winners, vantagem para Halep por 34 a 19.

Halep faz sua quinta participação em Stuttgart e tem como melhores resultados as semifinais alcançadas em 2015 e também no ano passado. "É difícil jogar aqui, eu nunca joguei o meu melhor tênis, mas se você se acostumar, pode ter um bom nível", explica a jogadora de 26 anos. "Mentalmente eu estou bem. Desde que vim para cá estou dormindo sem parar. Não treinei tanto, apenas 45 minutos ontem e cerca de 40 minutos hoje. Então, não é muito, mas se eu sou mentalmente descansada, eu posso jogar melhor e tenho que me acostumar com esta quadra que é difícil".

Halep agora espera pela vencedora da partida entre a atual Laura Siegemund e a norte-americana CoCo Vandeweghe. A romena perdeu para Siegemund em suas duas últimas participações no torneio. "Estou ansiosa para jogar de novo, para ser melhor em quadra. Então, eu espero que na próxima rodada eu não jogue contra Siegemund novamente porque seria o terceiro ano consecutivo, mas se acontecer, talvez eu ganhe desta vez".

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis