Notícias | Dia a dia
Pliskova leva a melhor e elimina Azarenka em Madri
07/05/2018 às 19h39

Pliskova venceu seu sexto jogo seguido, já que vem de título em Stuttgart

Foto: Divulgação

Madri (Espanha) - Um duelo entre ex-líderes do ranking feminino, Karolina Pliskova fez valer seu melhor momento e passou por Victoria Azarenka para se garantir nas oitavas de final do WTA Premier de Madri. Número 6 do mundo, a tcheca derrotou a 98ª colocada bielorrussa por 6/2, 1/6 e 7/5 em 2h06 de partida. Foi a sexta vitória seguida para Pliskova, que vem de título em Stuttgart.

A próxima adversária de Pliskova será a norte-americana Sloane Stephens, que derrotou a australiana Samantha Stosur por 6/1 e 6/3. A tcheca tenta superar Stephens pela primeira vez, já que perdeu para a norte-americana na grama de Wimbledon em 2012 e no piso duro de Pequim em 2015.

Já Azarenka, que disputou apenas o quinto torneio desde o nascimento do filho Leo em dezembro de 2016, deve ganhar algumas posições. A jogadora de 28 anos recebe 65 pontos por ter avançado uma rodada no saibro da capital espanhola. Seu próximo compromisso será em Roma, na semana que vem, e ela só irá defender pontos na temporada de grama.

Em um primeiro set com estatísticas equilibradas, já que Pliskova fez apenas cinco pontos a mais, o bom começo de jogo da tcheca e sua eficiência no saque fez a diferença. Pliskova quebrou ainda no game de abertura e soube sustentar a vantagem e ampliá-la no sétimo game. A número 6 do mundo liderou nos winners por 10 a 7 e salvou os dois break points que enfrentou, enquanto a contagem de erros estava empatada por 9 a 9.

A parcial seguinte foi amplamente dominada por Azarenka, muito por conta de um jogo sólido do fundo de quadra e da queda de rendimento de sua adversária, que foi quebrada pela primeira vez depois de fazer três duplas faltas no mesmo game. Pliskova cometeu 21 erros não-forçados contra apenas quatro da bielorrussa. Para se ter uma ideia, após os quatro primeiros games, Azarenka tinha feito dezoito pontos, dos quais quinze foram em erros da adversária.

O começo do set decisivo favoreceu Pliskova, que conseguiu a quebra com um winner de devolução. Pouco depois, Azarenka teve trabalho para salvar dois break points e confirmar o saque em um game de onze minutos para evitar uma desvantagem ainda maior. Isso deu confiança para a bielorrussa, que venceu três games seguidos e igualou a disputa.

Já com o placar empatado por 5/5, Pliskova evitou a quebra em três oportunidades e colocou pressão sobre sua adversária. A tcheca contou com o baixo índice de primeiro serviço da rival e definiu a vitória com um winner de devolução no segundo saque de Azarenka. Pliskova liderou a contagem de winnes por 31 a 26 e cometeu 44 erros não-forçados contra 38 da rival.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis