Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Nadal não liga para ausência de Federer em Paris
25/05/2018 às 14h23

Nadal será ultrapassado por Federer no ranking se não for campeão

Foto: Divulgação

Paris (França) - Maior campeão da história em Roland Garros com suas 10 conquistas, o espanhol Rafael Nadal não acredita que a ausência do suíço Roger Federer, que mais uma vez pulou toda a temporada de saibro, possa diminuir uma eventual conquista sua no Grand Slam francês.

"O título tem o mesmo gosto, esteja Roger na chave ou não. Da mesma forma poderia dizer que uma vitória de Federer ou Djokovic quando eu estava lesionado foi igualmente bonita", afirmou o canhoto de Mallorca. "Não ter Roger é uma notícia ruim para o torneio, mas para uma conquista não significa nada", completou.

Cabeça de chave 1, o espanhol precisa defender a conquista em Roland Garros para se manter na ponta. E ele chega embalado por grandes resultados, tendo conquistado já o 11º título tanto no Masters 1000 de Monte Carlo quanto no ATP 500 de Barcelona, além do octa no Masters 1000 de Roma.

"Minha única motivação aqui é ganhar o título, é isso que me faz feliz e deixa me sentir competitivo. Gosto de poder disputar todos os torneios que quero e busca o êxito em uma competição tão importante como essa", afirmou o canhoto de Mallorca, que viu o sérvio Novak Djokovic cair do outro lado da chave e só poder cruzar com ele em uma eventual final.

Nadal falou sobre a capacidade do oponente sérvio, mas disse que estão muito longe para poder pensar neste confronto. "Ainda é muito cedo para isso. Novak é sempre um dos candidatos fortes a ganhar aqui em Paris, mesmo levando em conta os altos e baixos pelos quais passou nos últimos anos", opinou.

A estreia do espanhol no Slam francês será contra o ucraniano Alexandr Dolgopolov, contra quem já jogou nove vezes e venceu sete, sendo duas delas no saibro. "Ele é um rival perigoso, já que pode jogar em um nível muito alto e é capaz de fazer umas coisas bem diferentes dentro de quadra", avaliou o líder do ranking.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series