Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Guga se despediu em Roland Garros há 10 anos
27/05/2018 às 06h30

Guga recebeu troféu com o saibro de Roland Garros

Foto: Arquivo

Paris (França) - Tricampeão de Roland Garros e um dos mais carismáticos vencedores no saibro parisiense, o catarinense Gustavo Kuerten escolheu o seu principal palco para fazer a derradeira aparição no circuito. Neste sábado completou 10 anos de sua despedida, que veio em uma derrota na primeira rodada do Grand Slam francês.

O algoz do ex-número 1 do mundo foi o atleta da casa Paul-Henri Mathieu, que até não teve tanto trabalho para superar Guga na quadra Philippe Chatrier, precisando de 1h49 para anotar uma vitória em sets diretos, com parciais de 6/3, 6/4 e 6/2.

Logo após a partida, Guga foi homenageado pelo presidente da Federação Francesa de Tênis e recebeu um troféu comemorativo que reproduz as diferentes camadas de materiais que formam a quadra de saibro de Roland Garros. Emocionado com sua última apresentação, o catarinense foi às lágrimas e discursou brevemente com voz embargada.

“Aqui é minha vida, minha paixão, meu amor. É ótimo ter aqui a minha família, o meu treinador, mas o mais importante é o amor que vocês me deram”, disse o campeão do torneio em 1997, 2000 e 2001, que se viu obrigado a deixar o circuito ainda com seus 31 anos de idade por causa de uma lesão crônica no quadril.

Em sua turnê de despedida, naquele 2008, Guga já estava bem longe da melhor forma e acabou colecionando derrotas em estreias. A primeira delas veio no Brasil Open, superado pelo argentino Carlos Berlocq. Em seguida, ele perdeu na primeira rodada do Masters 1000 de Miami, desta vez para o francês Sebastien Grosjean.

Sua única vitória no ano de despedida veio em casa, no challenger de Florianópolis, onde superou o colombiano Carlos Salamanca, para perder na rodada seguinte para o gaúcho Franco Ferreiro. O penúltimo passo veio em outro tradicional evento de saibro, caindo diante do croata Ivan Ljubicic no Masters 1000 de Monte Carlo, até vir a derradeira apresentação em Roland Garros.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series