Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Melo, Soares e Demo conhecem chave de duplas
27/05/2018 às 20h18

Melo e Kubot são os cabeças de chave 1

Foto: Fotojump

Paris (França) - Os três brasileiros que entraram na chave de duplas de Roland Garros conheceram seus respectivos caminhos na competição neste domingo. O sorteio colocou os mineiros Bruno Soares e Marcelo Melo do mesmo lado, podendo se enfrentar apenas em uma eventual semifinal, e do outro o gaúcho Marcelo Demoliner.

Cabeças de chave 1, Melo e o polonês Lukasz Kubot abrirão campanha diante da parceria do húngaro Marton Fucsovics com o italiano Marco Cecchinato e podem tem trabalho grande já na segunda rodada quando os mais cotados a um duelo são os italianos Simone Bolelli e Fabio Fognini, campeões do Australina Open de 2015.

Nas oitavas de final os adversários mais perigosos são o indiano Rohan Bopanna e o francês Edouard Roger-Vasselin, ao passo que nas quartas podem pintar pela frente a parceria do austríaco Alexander Peya com o croata Nikola Mektic, a dupla do sul-africano Raven Klaasen com o neozelandês Michael Venus ou até os espanhóis Fernando Verdasco e David Marrero.

O caminho de Bruno e do britânico Jamie Murray, quartos mais bem cotados no torneio, começa contra o sérvio Dusan Lajovic e o alemão Florian Mayer. Eles não devem ter dificuldades até as oitavas, quando devem surgir os cabeças de chave 15, o chileno Julio Peralta e o argentino Horacio Zeballos.

A situação da parceria mineiro-britânica ficará ainda mais dura nas quartas, fase em que devem cruzar com duplas do nível dos franceses Pierre Hugues Herbert e Nicolas Mahut, sextos favoritos. Outros que podem pintar são o uruguaio Pablo Cuevas e o espanhol Marcel Granollers, cabeças de chave 11, além dos norte-americanos Steve Johnson e Jack Sock.

Do outro lado da chave, Demoliner e o parceiro mexicano Santiago Gonzalez enfrentarão na primeira rodada o tcheco Roma Jebavy e o bielorrusso Andrei Vasilevski. Passando pela estreia devem vir os espanhóis Feliciano López e Marc López, campeões em 2016. Nas oitavas o maior perigo são o holandês Jean Julien Rojer e o paquistanês Aisam-Ul-Haq Qureshi.

Também estão na parte de baixo duplas como a dos norte-americanos Sam Querrey e Mike Bryan, dos colombianos Juan Sebastian Cabal e Robert Farah, do finlandês Henri Kontinen com o australiano John Peers, do croata Ivan Dodig com o norte-americano Rejeev Ram, do japonês Bem Mclachlan com o alemão Jan-Lennard Struf e do austríaco Olivier Marach com o atual número 1 do mundo, o croata Mate Pavic.

Comentários