Notícias | Dia a dia | Roland Garros
'Foi um espetáculo bacana', analisa Rogerinho
28/05/2018 às 13h34

Rogerinho volta ao Brasil após cinco semanas na Europa

Foto: Divulgação
Guilherme Costa
Especial para TenisBrasil

Paris (França) - O paulista Rogério Silva foi eliminado, nesta segunda-feira, de Roland Garros, o segundo Grand Slam da temporada. Jogando na quadra central contra Novak Djokovic, cabeça de chave número 20 da competição, o brasileiro fez uma boa partida, mas não resistiu e caiu em três sets. Após o jogo, parecia abatido com a derrota, mas feliz com o desempenho.

"Foi um espetáculo bacana, é isso que o público quer ver. Difícil ganhar do Novak, mas acho que o público ficou feliz. E eu saio feliz por ter feito uma boa partida", avaliou Rogerinho, que começou a partida colocando uma quebra de vantagem no sérvio, mas não segurou o resultado.

"Acabei jogando bem no começo, ele não muito, mas depois eu não consegui manter o break na frente, ele elevava muito o jogo dele, e aí ficava difícil para mim. Me preparei como em qualquer outro jogo", garantiu o atual número 2 do Brasil, que voltará a ser o melhor do país na próxima lista da ATP.

Ocupando atualmente o 134º lugar no ranking mundial, Rogerinho volta para o Brasil, onde ficará três semanas. Depois, atuará em alguns challengers e jogará os ATPs no saibro em Umag, Hamburgo e Kitzbhel.

"Estou fora do top 100, minha intenção é voltar ao top 100. Vou ficar um pouco no Brasil, estou há cinco semanas na Europa. Meu segundo semestre do ano passado não foi bem, atingi meu melhor ranking, mas o calendário era complicado. Esse ano eu estou jogando melhor os ATPs dos que os challengers, fico feliz com isso, é ter um pouco de calma, estou me sentindo bem para voltar ao top 100", finalizou.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series