Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Del Potro supera início preguiçoso e marca virada
29/05/2018 às 17h11

Del Potro pode fazer agora duelo argentino

Foto: Site oficial

Paris (França) - Quinto principal favorito ao título de Roland Garros, o argentino Juan Martin del Potro levou um grande susto mas encontrou tempo para reagir e virar em cima do francês Nicolas Mahut e avançou para a segunda rodada nesta terça-feira ao anotar as parciais de 1/6, 6/1, 6/2 e 6/4.

Há uma boa chance de a segunda rodada ser um duelo totalmente argentino, já que Leonardo Mayer liderava a partida contra o francês Julien Benneteau, por 6/2 w 4/3, quando o duelo foi interrompido por falta de luz natural. Delpo ganhou todos os quatro duelos diante de Mayer, dois deles em nível future, outro no US Open de 2012 e um nesta temporada em Indian Wells. Diante de Benneteau, a vantagem é de 2 a 0, mas sempre sobre quadra dura.

Mahut teve um domínio assustador no primeiro set, com 13 bolas vencedoras e apenas três erros diante de um adversário pregado no fundo de quadra e com pouca mobilidade. Só então Del Potro encontrou um ritmo melhor, flexionou mais as pernas e fez valer seu primeiro serviço. Dominou com clareza os dois sets seguintes e viu Mahut um tanto perdido por ser forçado a ficar atrás e cometer inúmeras falhas.

Três cabeças de chave não tiveram a mesma sorte. O norte-americano Jack Sock, 14º entre os inscritos, liderou duas vezes o duelo contra o estoniano Jurgen Zopp antes de cair por 6/7 (4-7), 6/2, 4/6, 7/6 (7-5) e 6/3. Com isso, Zopp fará duelo de lucky-losers contra o belga Ruben Bemelmans e quem vencer pode encarar Denis Shapovalov em seguida.

Outro derrotado no quali, o experiente ucraniano Sergy Stakhovsky, atropelou o canhoto espanhol Feliciano López, cabeça 28, por 6/2, 6/4 e 6/2. Seu adversário será o canhoto Mischa Zverev e quem passar enfrentará Kevin Anderson ou Pablo Cuevas. Por fim, o francês Adriana Mannarino não justificou a condição de cabeça 25 e caiiu diante do norte-americano Steve Johnson, por 7/6 (7-1), 6/2 e 6/2.

A falta de luz artificial ajudou o tcheco e cabeça 17 Tomas Berdych, que perdia para o local Jeremy Chardy por 7/6 (7-5), 7/6 (10-8) e 1/1.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series