Notícias | Dia a dia
Ucraniano é banido do tênis por manipular resultados
29/05/2018 às 20h39

Além do banimento vitalício, o ucraniano foi multado em US$ 100 mil

Foto: Arquivo

Londres (Inglaterra) - O ucraniano de 30 anos Dmytro Badanov foi banido do tênis pelo resto da vida e multado em US$ 100 mil depois de ser declarado culpado por manipulação resultados. O anúncio foi feito nesta terça-feira pela Tennis Integrity Unit (TIU).

Badanov violou termos do Programa Anti-Corrupção do Tênis ao manipular resultados de jogos no future de El Kantaoui, na Tunísia, em setembro de 2015, e também no future do Cairo, capital egípcia, em setembro de 2016. O ucraniano também foi condenado por envolvimento com apostas relacionadas às partidas desses futures.

Após o término da investigação por parte da TIU, o auditor independente Richard H. McLaren anunciou sua decisão nesta terça. O banimento vitalício tem efeito imediato e Badanov está proibido competir ou frequentar qualquer torneio ou evento organizado ou sancionado pelos órgãos governamentais do esporte.

O melhor ranking da carreira de Badanov foi o 463º lugar, alcançado em março de 2015, ano que ele conquistou o único título profissional de future em Sharm El Sheikh, no Egito. O ucraniano disputou cinco finais e venceu 87 jogos de future na carreira. Ele perdeu outras 96 partidas deste porte e jamais disputou um challenger ou um ATP.

Comentários
Loja - livros
Mundo Tênis