Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Del Potro: 'Não sinto que possa desafiar Nadal'
30/05/2018 às 10h14

Del Potro superou a estreia com virada sobre Mahut

Foto: Divulgação

Paris (França) - Um dos possíveis adversários do espanhol Rafael Nadal nas semifinais de Roland Garros, o argentino Juan Martin del Potro estreou com vitória na competição, mas nem mesmo o resultado positivo, batendo o convidado da casa Nicolas Mahut de virada, após um começo lento, foi suficiente para animar muito a 'Torre de Tandil'.

Delpo não se vê como uma das ameaças ao número 1 do mundo e escolhe outros jogadores como mais cotados que ele. "Não me sinto como um jogador que possa desafiar Rafa. Se tivesse que escolher alguns nomes, eu colocaria (Dominic) Thiem, (Alexander) Zverev, ou alguma surpresa que surja, mas não me coloco nessa lista, ainda mais pela superfície em que estamos jogando", disse.

O argentino garantiu estar bem fisicamente, mas ainda vê margem para melhora. "Agora está tudo bem comigo, mas posso melhorar ainda e isso é importante. Estou feliz de ter vencido uma partida nesse Grand Slam. Acho que isso foi o mais importante, pois não joguei o meu melhor tênis no começo da partida, mas no decorrer dela fui me sentindo melhor", analisou o quinto favorito.

"Espero poder jogar melhor na próxima rodada. Acredito que não fui bem por causa do meu estilo em relação ao dele. Mahut é muito agressivo e não fui bem no início, mas me recuperei no segundo set e consegui controlar a partida", acrescentou Del Potro, que falou sobre o trabalho que faz para se recuperar fisicamente.

"Não é fácil, é um esforço diário. Você sacrifica todo seu corpo para fazer o que gosta e por isso precisa ser cuidadoso com as decisões, formando uma boa equipe com treinadores, preparadores físicos e fisioterapeutas", falou o argentino, que faz as rotinas básicas como banho de gelo, massagem e bicicleta para se preparar melhor.

Comentários