Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Frases: o que estão falando em Roland Garros
31/05/2018 às 22h06

O francês Julien Benneteau se despediu de Roland Garros.

Foto: Divulgação/FFT

"Tentei o meu melhor hoje na Philippe-Chatrier, mas Juan Martin foi simplesmente muito forte em cada parte de seu jogo. Foi legal jogar nesta quadra diante de minha família, amigos e compartilhar este momento com eles. Como disse, quando era garoto, sonhava jogar nesta quadra.”
Julien Benneteau, aos 36 anos, disputa sua última temporada e nesta quinta-feira despediu-se de Roland Garros ao cair diante de Del Potro por 6/4, 6/3 e 6/2. Benneteau disputou o torneio pela primeira vez em 2002 e hoje comemorou sua 100ª partida de simples de Grand Slam. Foi em casa que ele alcançou seu melhor resultado em Grand Slam, as quartas em 2006 e o título de duplas em 2014, ao lado do compatriota Edouard Roger-Vasselin.

"Adoraria estar lá (na quadra central) de novo, claro. Do ponto de vista da chave, é um jogo que talvez estejam antecipando. Já faz alguns anos desde que estive lá. Então, se eu tiver uma chance de jogar nela, será recebeida de braços abertos. E se for em outra quadra, também será bom.”
Sharapova tem Karolina Pliskova, cabeça 6, pela frente e especula-se que a partida pode ser programada para a Chatrier. A russa jogou lá pela última vez em 2015, quando perdeu de Lucie Safarova nas quartas.

''Eles temem mulheres fortes.''
Petkovic sobre Serena ousar jogar com o macacão preto.  

"Pediram-me para colocar saia sobre minhas leggings várias vezes. Você não imagina como é desconfortável. Ou para tirá-la. Em dois Grand Slams e em torneios da WTA. Espero poder agora usar apenas leggings! Vai, Serena!"
A duplista russa Alla Kudryavtseva torce para que a roupa de Serena leve a uma mudança no regulamento.

''As pessoas realmente querem estar lá. Eu prefiro jogar numa quadra lotada com 2mil, 2.500 pessoas como a Quadra 18, do que em frente a 7 mil na Chatrier, porque parece vazia. E o clima é fantástico na Quadra 18, então, prefiro jogar lá.''
Thiem elogiando a nova quadra de Roland Garros.

''Tento esvaziar minha cabeça quando tenho um dia de folga ou de tarde. Fui no Louvre para uma visita expressa. Tinha bastante gente, estava quente. Não podia ficar lá seis horas, então, visitei o museu em uma hora.''
Muguruza, campeã de 2016.

Comentários