Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Toni: 'Nadal pode ganhar RG algumas vezes mais'
03/06/2018 às 08h20

Toni Nadal passou alguns dias em Paris para ver o sobrinho jogar, mas voltará à Espanha já na segunda-feira

Foto: Arquivo

Paris (França) - Responsável por treinar o espanhol Rafael Nadal até o fim do ano passado, Toni Nadal deu as caras em Roland Garros nos últimos dias e matou um pouco a saudade do sobrinho e ex-pupilo. Cuidando agora da academia do número 1 do mundo, ele terá uma breve passagem pelo Grand Slam francês e não ficará até o fim.

"Vim para Roland Garros ver alguns jogos do meu sobrinho. Se ele não estivesse jogando eu não teria vindo. Na segunda-feira eu voltarei para cada independe do que acontecer", revelou o tio Toni em entrevista para El Larguero, na qual ele afirmou ver Nadal terminando a carreira com mais do que os 10 títulos já conquistados no torneio.

"Rafael tem capacidade para uns três ou quatro anos mais, talvez até cinco. Vou ser sincero, acredito que ele possa vencer Roland Garros algumas vezes mais", garantiu o tio do canhoto de Mallorca. Apesar disso, ele não crava o sobrinho como o maior favorito à conquista deste ano.

Toni também falou sobre os adversários de Nadal e apontou o sérvio Novak Djokovic como o mais duro. "Rafa está em um bom nível e acredito que seja um dos favoritos, mas não sei se é o favorito máximo. Entre os rivais mais perigosos eu colocaria Djokovic no topo deles, mas depende um pouco de como ele vai estar", analisou o treinador.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series