Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Zverev admite que pensou em abandonar o jogo
05/06/2018 às 20h23

Zverev preferiu terminar a partida em respeito a Thiem

Foto: Divulgação

Paris (França) - Eliminado nas quartas de final de Roland Garros, Alexander Zverev admite que pensou em abandonar a partida contra Dominic Thiem pelas quartas de final de Roland Garros. O alemão sentiu uma lesão no músculo posterior da coxa esquerda ainda no começo do duelo, mas preferiu terminar a partida em respeito ao adversário austríaco.

"A primeira vez que senti uma puxada foi no quarto game do primeiro set", disse Zverev após a derrota por 6/4, 6/2 e 6/1. "Eu deslizei uma vez e então senti uma puxada no músculo. Eu pensei: 'Ok, eu joguei muito nos últimos dias'. Eu pensei que talvez fosse apenas uma dor ou algo que simplesmente fosse embora, mas não foi", explica o almeão, que fez três seguidos de cinco sets.

"A cada game e a cada vez que eu deslizava na quadra, ia ficando pior. No meio do segundo set, estava doendo muito", comenta o jogador de 21 anos, que recebeu uma bandagem na perna quando perdia o segundo set por 4/1. "Eu pensei em abandonar. Eu realmente pensei sobre isso, mas eu não iria abandonar um jogo pela primeira vez na minha carreira nas quartas de final de um Grand Slam".

"Eu sabia que não venceria a partida. Não havia jeito para mim. Eu mal conseguia me mexer, não conseguia sacar. Eu realmente não pude fazer nada. Mas eu ainda queria terminar o jogo e dar o crédito a Dominic. Ele merece estar na semifinal com uma vitória e não com uma desistência", complementou Zverev, que sofreu a quinta derrota em sete jogos contra Thiem.

A campanha inédita em um Grand Slam e a ótima temporada no saibro, com títulos em Munique e Madri e vice-campeonato em Roma, animam o número 3 do mundo. "Ganhei três jogos consecutivos em cinco sets e cheguei às quartas de final de um Grand Slam pela primeira vez. Isso é positivo. A temporada de saibro em geral tem sido muito positiva. Eu perdi três partidas no saibro, sempre para grandes jogadores, ganhei dois torneios e fiz duas finais de Masters 1000. Tudo isso é positivo".

Zverev deve retornar ao circuito durante o ATP 500 de Halle, que começa no dia 18 de junho. "Acho que se eu ficar saudável de novo, eu estarei pronto para jogar bem na quadra de grama também. A grama é uma superfície que eu gosto. Espero que eu tenha uma recuperação rápida", avaliou o alemão. "Vou fazer uma ressonância magnética agora, mas na maioria das vezes com lesões musculares, você só pode identificar algo na ressonância se você fizer isso dois ou três dias depois. [Então] eu vou voltar para casa e não vou fazer nada até ver o que é".

Comentários