Notícias | Dia a dia | Roland Garros
'Jogo foi decidido no lado mental', afirma Halep
06/06/2018 às 15h59

Halep buscou a virada contra Kerber nas quartas em Paris

Foto: Divulgação

Paris (França) - Semifinalista em Roland Garros, Simona Halep afirma que a virada diante de Angelique Kerber foi conquistada graças a um bom desempenho no lado mental do jogo. Ainda em busca de seu primeiro título de Grand Slam, a número 1 do mundo acredita que o resultado pode trazer lições positivas para a sequência do torneio e da temporada.

"O jogo foi realmente decidido no lado mental. Com certeza, o físico também ajudou, mas mentalmente eu fui forte", disse Halep sobre a vitória por 6/7 (2-7), 6/3 e 6/2 sobre Kerber, em jogo que durou 2h14 nesta quarta-feira.

"É sempre um jogo difícil quando eu jogo contra ela. Os jogos sempre duram três horas, então eu sempre me preparo para isso. Depois de perder aquele set, eu continuei focada e não desisti. Acho que é por isso que eu ganhei hoje. Minha cabeça ganhou o jogo", acrescentou a romena, que venceu a canhota alemã pela sexta vez em dez encontros.

Halep não teve um bom começo de partida e perdeu os quatro primeiros games. "Eu errei muito no início. Ela sempre manda a bola de volta e não erra, então eu tentei ser mais agressiva e não funcionou. Então eu mudei um pouco a minha tática e funcionou muito bem no final".

"Na verdade, quero esquecer aqueles games", brincou a jogadora de 26 anos. "Não era exatamente como eu queria jogar. Eu corri muito no começo. E foi difícil porque a bola dela é muito baixa, e você não tem muitas chances para definir os pontos assim".

Mesmo com a perda do set inicial, Halep acredita que sua reação no jogo até forçar o tiebreak foi determinante para a sequência na partida. "Depois que eu perdi o primeiro set, eu tinha em mente que, se eu consegui buscar um 4/0, era porque o ritmo já estava lá".

"E quando eu quebrei no primeiro game do segundo set, eu me senti mais confiante e senti que tinha o jogo em minhas mãos. Então eu só tinha que ficar calma e continuar tentando", avaliou a romena. "Isso mostra que tenho paciência e poder suficiente e para manter a calma e fazer o meu jogo contra ela, porque você tem que estar no seu nível mais alto para vencê-la".

Halep agora se prepara para enfrentar a espanhola Garbiñe Muguruza na semifinal. Além da busca por uma vaga na decisão em Paris, a partida da próxima quinta-feira será um confronto direto pela liderança do ranking. A romena tem apenas uma vitória em quatro duelos contra a espanhola, atual terceira colocada. "É uma partida diferente. Tenho que esperar alguns golpes muito potentes. Não importa contra quem ela está jogando, ela faz o jogo dela. Então, eu tenho que ficar forte, tentar deixá-la desconfortável na quadra e fazer meu jogo".

Comentários