Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Halep mantém nº 1 e tenta sonho pela 3ª vez
07/06/2018 às 11h51

Halep vai para sua terceira final em Paris

Foto: Divulgação

Paris (França) - Pela terceira vez na carreira a romena Simona Halep se colocou a uma vitória da tão sonhada taça de Roland Garros. Nesta quinta-feira, a número 1 do mundo fez um grande jogo contra a espanhola Garbiñe Muguruza, dominou no começo e manteve o nível no decorrer da partida para alcançar a vitória em sets diretos, com parciais de 6/1 e 6/4, após 1h32.

A adversária de Halep na decisão sairá da partida entre as norte-americanas Sloane Stephens e Madison Keys, que repetem agora o que foi a decisão do último US Open. Ela tem vantagem de 5 a 2 contra Stephens e 5 a 1 nos confrontos com Keys.

O resultado da primeira semifinal do dia não apenas carimbou o passaporte da romena rumo à decisão no saibro parisiense, mas também assegurou sua manutenção na liderança do ranking, deixando a dinamarquesa Caroline Wozniacki na segunda colocação e Muguruza, que sonhava em retomar a ponta, como a terceira.

Vice-campeã em 2014 e 2017, superada respectivamente pela russa Maria Sharapova e pela jovem letã Jelena Ostapenko, a tenista de Constanta terá mais uma oportunidade de conquistar um título de Slam. Além das duas derrotas nas finais de Roland Garros, ela tem também uma na decisão do Australian Open deste ano, superada por Wozniacki na decisão.

Halep conseguiu uma quebra logo no primeiro game e na sequência teve que sair de 15-40 e salvar três break-points para confirmar a vantagem. Depois disso ela dominou os games seguintes, abriu 5/0 e sacou para anotar um 'pneu' sobre Muguruza, que se salvou ao devolver um dos breaks, mas logo em seguida perdeu o saque mais uma vez e assim perdeu o set inicial.

A segunda parcial começou favorável à espanhola, que entrou de vez no jogo e saiu na frente ao quebrar Halep no terceiro game e salvar dois breaks em seguida. Só que Muguruza não manteve a vantagem, até o fim e permitiu que a romena deixasse tudo igual em 4/4. Veio então uma arrancada final da líder do ranking, que voltou a bater o saque da rival para sacramentar a vitória.

Comentários