Notícias | Dia a dia | Roland Garros
Del Potro lamenta as chances perdidas no 1º set
08/06/2018 às 18h12

Del Potro teve seis oportunidades de quebra no set inicial, mas não aproveitou

Foto: Divulgação

Paris (França) - Eliminado na semifinal de Roland Garros, Juan Martín del Potro lamentou as oportunidades perdidas no começo da partida contra Rafael Nadal nesta sexta-feira em Paris. Depois de perder seis break points no set inicial, o argentino permitiu a reação do número 1 do mundo e decacampeão do torneio, que buscou a vitória no set e dominou as parciais seguintes.

"Eu tive a minha grande chance no primeiro set, tive muitos break points, mas eu não consegui aproveitá-los, Rafa sacou muito bem e jogou muito bem naqueles pontos. Faltou sorte para mim naquele momento", disse Del Potro, após a derrota por 6/4, 6/1 e 6/2 nesta sexta-feira em Paris.

"O jogo poderia ter sido diferente se eu ganhasse o primeiro set. Mas então ele me fez correr muito, aumentou a intensidade do jogo e eu não consegui acompanhá-lo. Ele merecia vitória e jogou muito melhor do início ao fim", acrescentou o argentino, que não conseguiu nenhuma quebra contra o espanhol na partida.

Del Potro não chegava tão longe em Roland Garros desde 2009, quando também foi semifinalista no saibro francês. "Fiz um lindo torneio, melhor do que o esperado, e perdi para o Rafa em seu melhor piso e em sua melhor quadra. Estou bastante relaxado quanto a isso"

A grande campanha também fará com que o argentino volte ao quarto lugar do ranking mundial, marca que é a melhor de sua carreira. "Qualquer pessoa que acompanhou minha recuperação sabe que eu nunca teria pensado que voltaria a ser o número 4 do do mundo novamente", lembra o argentino que fez três cirurgias no punho esquerdo.

"Meu corpo estava passando por momentos difíceis. Mas agora que estou aqui, eu agradeço a todas essas pessoas que não deixaram que eu me aposentasse há alguns anos. Eles me encorajaram a continuar lutando", complementou o jogador de 29 anos.

A respeito de um desconforto físico que sofreu ainda no set inicial, Del Potro garante que o problema não compromete suas próximas semanas. "Fiz um movimento errado com o quadril no início do jogo, mas não foi sério. Consegui terminar a partida e corri para todos os lados da quadra. Isso significa que estou em boa forma e saudável, o que é o mais importante".

Quando foi pedido um prognóstico para o duelo de Nadal contra Dominic Thiem no próximo domingo, o argentino foi sincero. "Talvez ninguém possa derrotar Rafa aqui e tenhamos que esperar que ele pare de jogar", disse o Del Potro, sorrindo. "Vamos ver o que Dominic pode fazer, já que ele já o derrotou em Madri há um mês. Talvez ele possa repetir, mas não é uma tarefa fácil".

Comentários