Notícias | Dia a dia
Zverev salva 3 match-points, mas cai para Coric
19/06/2018 às 14h31

Zverev era o cabeça de chave 2 em Halle

Foto: Divulgação

Halle (Alemanha) - Segundo mais bem cotado ao título no ATP 500 de Halle, o alemão Alexander Zverev não conseguiu sequer passar da estreia na competição. Nesta terça-feira, ele enfrentou o croata Borna Coric, que levou a melhor sobre o atleta da casa com uma vitória em sets diretos, marcando parciais de 6/1 e 6/4, depois de 1h24 de confronto.

O próximo desafio no caminho do croata de 21 anos será contra o vencedor da partida envolvendo o lucky-loser georgiano Nikoloz Basilashvili e o convidado da casa Rudolf Molleker, de apenas 17 anos. Coric nunca enfrentou o jovem germânico, mas já tem três encontros com o georgiano, vencendo o último deles, neste ano em Doha, mas perdendo os outros dois.

Ainda neste mesmo quadrante, o francês Richard Gasquet não manteve o embalo após o título em s-Hertogenbosch e foi superado na estreia em Halle. Seu algoz foi o local Florian Mayer, campeão do torneio em 2016, que marcou duplo 6/2 e agora enfrentará o italiano Andreas Seppi, responsável por eliminar o compatriota Matteo Berrettini com parciais de 6/3 e 7/5.

Principal esperança da casa, Zverev não mostrou um bom tênis em seu primeiro jogo na competição, colocou apenas 63% das primeiras bolas em quadra e venceu pouco mais da metade dos pontos disputados com o saque (27 em 53). Por isso, ele acabou amargando diversas quatro quebras, ao passo que conseguiu apenas uma a seu favor.

No primeiro set, o alemão estacionou no placar depois do 1/1 e perdeu os cinco games seguintes. A série negativa se estendeu à segunda parcial com Coric abrindo 2/0 e chegando a sete games na sequência. O croata ampliou a vantagem e sacou primeiro em 5/2 para fechar, mas viu Zverev devolver um dos breaks salvando um match-point.

O atleta da casa voltou a encarar um match-point contra no game seguinte, desta vez com o saque, e novamente escapou da derrota. Coric então teve sua segunda oportunidade de servir para fechar, abriu 40-15, perdeu mais um match-point, mas na quarta chance conseguiu enfim derrubar o atual número 3 do mundo.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis