Notícias | Dia a dia
Monteiro e Clezar caem após longas semis na Itália
23/06/2018 às 17h13

Monteiro voltará a ser número 1 do Brasil na próxima semana

Foto: Arquivo

L'Aquila (Itália) - Os dois brasileiros na disputa das semifinais do challenger de L'Aquila se despediram do torneio neste sábado. Thiago Monteiro e Guilherme Clezar fizeram jogos longos e de três sets, mas não conseguiram avançar no saibro italiano.

Primeiro a entrar em quadra, Clezar perdeu um duelo sul-americano de 2h56 para o canhoto argentino Facundo Bagnis por 6/3, 5/7 e 7/6 (7-4). Logo na sequência, Monteiro foi superado pelo italiano Paolo Lorenzi após exatas 3h de disputa, com parciais de 7/6 (7-5), 6/7 (3-7) e 6/3.

Clezar não defendia resultados nesta semana. Com isso, o gaúcho de 25 anos e 213º do ranking receberá 29 pontos e voltará ao top, algo que não acontecia desde o final de 2016. Seu recorde pessoal é o 153º lugar, alcançado em agosto de 2015.

Por sua vez, Monteiro defendia seis pontos. O cearense de 24 anos e 138º do ranking deverá ganhar seis posições, o suficiente para ultrapassar Rogério Dutra Silva e assumir o posto de número 1 do Brasil. O canhoto de Fortaleza, entretanto, ainda está distante do melhor ranking de sua carreira, o 74º lugar obtido no ano passado.

Havia uma possibilidade de uma final brasileira, o que não acontecia em um challenger desde a disputa entre os paulistas João Souza, o Feijão, e Thiago Alves no saibro colombiano de Cali em 2012. Os próximos compromissos de Monteiro e Clezar serão em quadras de grama, já que eles disputam o qualificatório de Wimbledon na semana que vem.

Comentários
Raquete novo
Mundo Tênis