Notícias | Dia a dia
Djoko volta ao top 20, Murray segue fora do top 100
25/06/2018 às 08h17

Djokovic passou 4 semanas fora do top 20

Foto: Divulgação

Miami (EUA) - Vice-campeão do ATP 500 de Queen's na semana passada, o sérvio Novak Djokovic viu sua boa campanha render frutos no ranking e garantiu assim o retorno ao top 20. Com os 300 pontos que somou na grama inglesa, ele ganhou cinco colocações na lista da ATP e agora é o 17º do mundo.

Ex-número 1 do mundo, 'Nole' já liderou o ranking por 223 semanas, mas por causa dos problemas no cotovelo acabou saindo. Após sair pela primeira vez do top 20 em 12 anos e meio, o tenista de Belgrado passou quatro semanas fora dessa faixa e nesta segunda-feira já marcou seu retorno.

Quem retomou a carreira depois de 11 meses de ausência por lesão no quadril foi o britânico Andy Murray, que não deu sorte na chave em Queen's, pegou o australiano Nick Kyrgios logo na estreia e foi derrotado. Por isso, ele não conseguiu subir no ranking e se manteve fora do top 100.

Murray ocupa atualmente a modesta 156ª colocação e vai para sua terceira semana fora dos 100 melhores. Ele poderá se recuperar no ranking nesta semana no ATP 250 de Eastbourne, mas novamente não teve um sorteio favorável e irá estrear contra o suíço Stan Wawrinka.

Dono de três títulos de Slam, Wawrinka está em situação ainda pior do que o britânico no ranking. Ele até jogou mais do que Murray nestes últimos 12 meses, mas por causa do joelho operado os resultados obtidos após os seis meses de pausa não foram nada bons e ele figura fora do top 200, apenas no 225º posto.

Responsável por impedir que o suíço Roger Federer conquistasse o décimo título em Halle, o croata Borna Coric, de apenas 21 anos, deu uma boa arrancada com a conquista na grama alemã, saltou 13 posições na lista da ATP e quase entrou no top 20, parando na 21ª posição, a melhor da carreira até então.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis