Notícias | Dia a dia
Melo e Soares ficam em lados opostos na chave
29/06/2018 às 15h01

Melo e o polonês Lukasz Kubot são os atuais campeões do Grand Slam britânico

Foto: Divulgação

Londres (Inglaterra) - O sorteio que definiu a chave de duplas em Wimbledon colocou os mineiros Marcelo Melo e Bruno Soares em lados opostos do quadro e com possibilidade de encontro apenas na final. Outro brasileiro na disputa é o gaúcho Marcelo Demoliner, que chega embalado pelo título do ATP 250 de Antalya.

Atuais campeões de Wimbledon e vindos de título no ATP 500 de Halle no último domingo, Melo e o polonês Lukasz Kubot são os cabeças de chave número 2 e estreiam contra os convidados britânicos Luke Bambridge Jonny O'Mara, que venceram o ATP de Eastbourne nesta sexta-feira.

Na segunda rodada, podem pintar os franceses Hugo Nys e Jonathan Eysseric ou a parceria do polonês Marcin Matkowski com o israelense Jonathan Erlich. Os possíveis rivais de Melo e Kubot nas oitavas são o austríaco Philipp Oswald e o bielorruso Max Mirnyi, cabeças 14. O quadrante ainda tem os norte-americanos Mike Bryan e Jack Sock, sétimos favoritos.

Ainda na parte de baixo da chave, Demoliner e o mexicano Santiago Gonzalez estreiam contra o romeno Marius Copil e o grego Stefanos Tsitsipas. Os cabeças 15 Dominic Inglot e Franko Skugor podem pintar já na segunda rodada, enquanto os terceiros cabeças de chave Henri Kontinen e John Peers são possíveis riviais nas oitavas. O quadrante ainda conta com Nikola Mektic e Alexander Peya.

Do outro lado da chave, Soares e o britânico Jamie Murray são os cabeças 5 do torneio. Eles estreiam contra o italiano Paolo Lorenzi e o espanhol Albert Ramos. Os possíveis rivais da segunda rodada são Matthew Ebden/Taylor Fritz ou Peter Gojowczyk/Benoit Paire.

Soares e Murray podem cruzar o caminho do paquistanês Aisam-ul-Haq Qureshi e do holandês Jean-Julien Rojer, cabeças 9, nas oitavas. Já nas quartas, podem pintar os principais favoritos e campeões do Australian Open Oliver Marach e Mate Pavic. O outro quadrante da parte de cima da chave tem a dupla colombiana de Robert Farah e Juan Sebastian Cabal e os franceses Pierre-Hugues Herbert e Nicolas Mahut.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis