Notícias | Dia a dia | Wimbledon
Cornet dispara contra Serena como cabeça de chave
04/07/2018 às 08h11

Cornet achou injusto Serena entre as favoritas

Foto: Divulgação

Londres (Inglaterra) - Eliminada logo na estreia em Wimbledon, com uma derrota em sets diretos perante a eslovaca Dominika Cibulkova, a francesa Alizé Cornet disparou contra a organização de Wimbledon e se posicionou contrária à decisão do torneio de elevar a norte-americana Serena Williams à condição de cabeça de chave mesmo estando fora do top 100.

“Sou totalmente contra isso”, declarou a francesa de 28 anos na entrevista coletiva após sua partida no All England Club. “Entendo que se trata de Serena e tenho o maior respeito por tudo o que conquistou, mas é uma decisão controversa e penaliza uma jogadora que trabalha duro como Cibulkova”, acrescentou.

Algoz de Cornet neste ano em Wimbledon, Cibulkova seria uma das 32 pré-classificadas, mas no momento em que Serena foi alçada à condição de cabeça de chave ela acabou rodando e ficou solta na chave. “Ela trabalhou duro durante um ano inteiro para isso e ficou de fora, isso não está certo”, avaliou a francesa.

“Serena é tão forte que mesmo não estando entre as favoritas é capaz de se impor e ir mais longe, como vimos em Roland Garros, onde acabou indo até as oitavas de final”, encerrou a atual 44 do mundo, que pelo segundo ano não passa da primeira rodada em Wimbledon, onde tem como melhor campanha as oitavas de 2014.

Comentários