Notícias | Dia a dia
Brasileiros largam bem no quali do challenger de Lima
07/08/2022 às 17h57

Loureiro bateu um atleta da casa na estreia e terá outro pela frente na última do quali

Foto: Arquivo

Lima (Peru) - A participação brasileira no challenger de Lima começou neste domingo com a disputa do quali. E ela não poderia ser melhor, com vitórias dos três representantes nacionais na competição, com o paranaense Gabriel Sidney abrindo a série de triunfos com um grande resultado, surpreendendo o boliviano Alejandro Mendoza, cabeça de chave 10, com parciais de 6/2 e 6/1.

Mais tarde, o gaúcho Eduardo Ribeiro fez valer a condição de sétimo favorito no quali e bateu o colombiano Andres Urrea por 2 sets a 0, com o placar final de 6/3 e 6/4. Também seguiu adiante o mineiro João Victor Loureiro, 11º pré-classificado, que assim como os compatriotas venceu em sets diretos, marcando parciais de 6/1 e 7/5 sobre o convidado da casa Jose Velasco.

Os três brasileiros voltam às quadras de saibro na capital peruana na segunda-feira. Loureiro é o único que já conhece seu adversário na última rodada do quali, vai encarar mais um tenista da casa, desta vez Jorge Panta, de 27 anos e atual 621 do mundo.

Ribeiro enfrentaria o principal favorito do classificatório, o mexicano Alex Hernandez, que acabou alçado à chave principal, e agora espera pela definição do alternate que irá encarar. Por sua vez, Sidney espera pelo vencedor da partida envolvendo o uruguaio Ignacio Carou, quinto pré-classificado, e o convidado peruano Stefano Chappuis.

Além dos três, a segunda-feira também verá a estreia do paulista Daniel Silva na chave principal. O veterano de 34 anos medirá forças, na primeira rodada, contra o argentino Renzo Olivo, cabeça de chave 6, contra quem já jogou uma vez, na atual temporada, e levou a melhor, triunfando no saibro do challenger de Poznan.

Comentários