Notícias | Dia a dia | Wimbledon
Kyrgios saca muito e encara Nishikori na 3ª rodada
05/07/2018 às 14h49

Kyrgios anotou 19 aces e garantiu mais uma vitória

Foto: Divulgação

Londres (Inglaterra) - Embora não tenha repetido os 42 aces da estreia, o australiano Nick Kyrgios fez mais uma grande partida com o saque, manteve o aproveitamento de 76% e venceu sua segunda partida neste ano em Wimbledon, derrubando nesta quinta-feira o holandês Robin Haase em sets diretos, com parciais de 6/3, 6/4 e 7/5, depois de 1h36 de jogo.

Agora vem um verdadeiro desafio: o japonês Kei Nishikori, contra quem o australiano jamais obteve sucesso, tendo perdido os três duelos já realizados. Em partida exigente, Nishikori conseguiu virada em cima do também australiano Bernard Tomic, que entrou na chave principal de lucky-loser, com parciais de 2/6, 6/3, 7/6 (9-7) e 7/5. Nishikori tentará atingir as oitavas de Wimbledon pela terceira vez, repetindo assim 2014 e 2016.

Kyrgios não encontrou grandes dificuldades nos dois primeiros sets com os serviços e não enfrentou um break-point sequer em ambos, vencendo com uma quebra solitária em cada um. Na terceira parcial a disputa ficou mais aberta e ele perdeu duas vezes o saque, curiosamente sempre após anotar uma quebra. Depois de bater o serviço de Haase mais uma vez, ele confirmou no 6/5 e fechou o jogo.

Responsável pela eliminação do espanhol Fernando Verdasco logo na primeira rodada, o jovem norte-americana Frances Tiafoe derrubou mais um experiente rival na competição, deixando agora pelo caminho o francês Julien Benneteau com uma virada de parciais 4/6, 6/3, 6/4 e 6/2. Na terceira rodada, ele enfrentará ou o russo Karen Khachanov ou o cipriota Marcos Baghdatis, algoz de Dominic Thiem na estreia.

Também vai seguindo adiante o francês Gilles Simon, que passou pelo italiano Matteo Berrettini em sets diretos, com placar final de 6/3, 7/6 (7-4) e 6/2. Beneficiado com a queda de David Goffin logo na primeira partida, ele espera pelo vencedor da partida entre o australiano Matthew Ebden, que despachou o belga, e o compatriota Stephane Robert, vindo do classificatório.

Comentários