Notícias | Dia a dia | Wimbledon
Monfils surpreende e enfrenta 'freguês' Anderson
06/07/2018 às 11h40

Monfils sofreu queda e foi atendido pelo fisioterapeuta

Foto: Site oficial

Londres (Inglaterra) - Jogador que tem raros bons resultados sobre a grama, Gael Monfils surpreendeu mais uma vez. Eliminou o forte norte-americano Sam Querrey de virada, com parciais de 5/7, 6/4, 6/4 e 6/2, e com isso atinge as oitavas de final de Wimbledon pela primeira vez em 10 participações.

Seu adversário de segunda-feira será um 'freguês', o sul-africano e número 8 do ranking Kevin Anderson. O vice do US Open dominou nesta sexta-feira o alemão Philipp Kohlschreiber e venceu com parciais de 6/3, 7/5 e 7/5. Monfils só perdeu um set para Anderson em cinco duelos, embora o mais recente tenha sido em outubro de 2016.

Ainda sem treinador, desde que se separou de Mikael Tillstrom em junho, o francês vive temporada de altos e baixos, tendo conquistado o título em Doha e semifinais em Buenos Ayres e Antalya. Com isso, aparece apenas no 44º lugar do ranking, com 21 vitórias e 12 derrotas.

Querrey disputou seu 100º jogo de Grand Slam e tentava atingir as oitavas de Wimbledon pelo terceiro ano seguido. Em 2017, fez incrível campanha, tendo atingido a semifinal depois de tirar o cabeça 1 Andy Murray. A perda de pontos irá deixá-lo fora até mesmo do top 25.

Esta foi a terceira vitória seguida de Monfils em cima de Querrey, agora uma em cada piso. E o histórico parece ter ajudado nesta sexta-feira. Disparou 18 aces, tendo acertado 76% do primeiro saque, e só teve um serviço quebrado. Procurou fazer um jogo mais agressivo, daí ter cometido 21 erros.

Anderson atinge as oitavas de Wimbledon pela quarta vez em cinco anos, mas nunca passou daí. Ele ainda está devendo uma campanha de peso nos Slam em 2018, tendo perdido na estreia da Austrália e nas oitavas de Paris. Sua quarta vitória sobre Kohlschreiber teve 22 aces e 87% de pontos vencidos com o primeiro saque, mas uma quebra de saque permitida. Anotou 42 winners, muito acima dos 24 do alemão.

Comentários
Faberg
Roland Garros Series