Notícias | Dia a dia | Wimbledon
Isner perde, mas leva recorde de aces de consolo
13/07/2018 às 16h03

Com os 53 aces que anotou nesta sexta-feira, Isner bateu o recorde de aces no torneio que era de Ivanisevic

Foto: Divulgação

Londres (Inglaterra) - Depois de vencer o jogo mais longo da história de Wimbledon, desta vez o norte-americano John Isner não se deu bem após a maratona contra o sul-africano Kevin Anderson pelas semifinais do torneio. Como prêmio de consolação, ele levou para casa o recorde de aces em uma mesma edição do Grand Slam britânico.

Foi no 35º game do quinto set que o norte-americano derrubou a marca do croata Goran Ivanisevic, que na campanha rumo ao título de 2001 anotou 212 aces nas sete partidas que disputou. Com um jogo a menos, Isner terminou sua participação neste ano na grama do All England Club somando 214 aces, sendo 53 só na derrota para Anderson.

O recorde não poderia vir em um melhor momento, quando Isner tinha duplo break-point contra si sacando em 17/17 e 15-40. Foi nesta hora que ele anotou dois aces seguidos para sobreviver no game e vencê-lo mais tarde. O que ele não conseguiu foi evitar uma quebra, que veio no 49º game e assim acabou decretando sua derrota na partida.

Isner ainda pode perder o recorde recém-conquisto ainda nesta edição, correndo o risco de ser ultrapassado justamente por seu algoz no torneio. Contudo, as chances de Anderson superá-lo são remotas. O sul-africano vai para a final com 172 aces e precisa de pelo menos 42 para empatar e 43 para passar à frente, sendo que na maratona desta sexta ele fez 49.

Comentários