Notícias | Dia a dia
Mamãe Minella disputa primeira final aos 32 anos
21/07/2018 às 10h01

Minella havia perdido as quatro semis anteriores

Foto: WTA

Gstaad (Suíça) - A semana dos sonhos ainda não terminou para a luxemburguesa Mandy Minella. Tendo de reiniciar a carreira depois de dar a luz em outubro, ela atingiu sua primeira final de nível WTA neste sábado, ao virar o jogo em cima da tcheca Marketa Vondrousova com o placar de 4/6, 6/2 e 6/2.

Sua adversária na final de domingo será a francesa e cabeça 1 da semana Alizé Cornet. A ex-número 11 e agora 48ª do mundo havia vencido um duro primeiro set por 7/6 (7-5) quando viu a canadense Eugénie Bouchard abandonar após o primeiro game do segundo set por problema muscular.

Aos 32 anos, casada desde 2014, Minella tenta ser a terceira mãe a ganhar um título de primeira linha no período de 12 meses, seguindo os passos de Kateryna Bondarenko em Tashkent e de Tatjana Maria em Mallorca.

Minella tem dois títulos de duplas na carreira e venceu um torneio de US$ 125 mil na Croácia há dois anos, mas em nível WTA havia perdido todas as quatro semifinais disputadas.

A luxemburguera figurava no 87º lugar do ranking quando parou há um ano, voltou fora do top 300 e foi jogar torneios de nível. Para jogar Gstaad, precisou usar o 'ranking protegido'. Caso conquiste o inédito título neste domingo, pode voltar ao top 100.

Cornet por seu lado vai em busca do quinto troféu da carreira, mas o primeiro desde Hobart em 2016. Bouchard ao menos ganhou convite para disputar o Premier caseiro em Montréal, dentro de três semanas.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis