Notícias | Copa Davis
'Nova Davis' dará premiação a tenistas e países
21/07/2018 às 10h34
Publicidade
Publicidade

Madri (Espanha) - Os novos promotores da Copa Davis pretendem distribuir a premiação de 23 milhões de euros aos 18 países participantes, dando a maior parte da bolsa aos tenistas. Segundo a fórmula inédita, 15,3 milhões de euros pagarão os jogadores participantes e os outros 7,7 milhões ficarão para as federações.

O grupo que pertence ao jogador Gerard Piqué busca aprovação da fórmula de disputa proposta para 2019, com a Copa Davis sendo disputada após o Finals de Londres e em local único. A decisão será votada pela Federação Internacional.

Segundo a proposta, os jogadores do time campeão levarão 2,1 milhões de euros, cabendo 1,5 mi aos finalistas, 1,3 aos semis e 1,1 para os quadrifinalistas. Para os que caírem na fase de grupos, serão 515 mil euros.

Já os países terão uma bolsa à parte, com 1,06 milhão de euros para a federação campeã, 725 mil ao vice, 643 mil aos semis e 515 mil aos quadrifinalistas. Os eliminados levam 256 mil euros.

Comentários