Notícias | Dia a dia
Goerges lidera chave de Moscou com sete russas
22/07/2018 às 14h41

Goerges foi semifinalista neste ano em Wimbledon

Foto: Arquivo

Moscou (Rússia) - Única top 10 em ação na próxima semana, a alemã Julia Goerges, atual 10 do mundo, irá comandar a chave do WTA de Moscou, torneio disputado no saibro e com premiação de US$ 750 mil. Cabeça de chave 1, ela vai abrir campanha contra a eslovaca Viktoria Kuzmova e já na segunda rodada pode pegar uma atleta da casa.

Ao todo são pelo menos sete russas no evento, sendo que o número pode aumentar pelo qualificatório. Natalia Vikhlyantseva é uma das locais na chave, estreia contra uma atleta vinda do quali e pode pegar Goerges na fase seguinte se ambas vencerem a primeira na competição.

Entre os principais perigos no caminho da germânica na parte de cima da tabela, o maior deles é a letã Anastasija Sevastova, terceira mais bem cotada, contra quem pode cruzar na semi. Também podem complicar a estoniana Kaia Kanepi, em uma eventual quartas de final, e a bielorrussa Aliaksandra Sasnovich.

Três atletas da casa também estão na primeira metade de chave, com destaque para a experiente Vera Zvonareva, que pega Kanepi logo na estreia. As outras duas são Ekaterina Alexandrova e Evgeniya Rodina.

Na parte de baixo, a mais bem qualificada é a local Daria Kasatkina, que colocará à prova o posto de cabeça de chave 2 na estreia contra a compatriota Anna Kalinskaya. A russa segunda favorita só deverá ter problemas a partir das quartas, quando pode cruzar com a francesa Alizé Cornet, que vem do título em Gstaad, ou com a alemã Laura Siegemund.

Entre as rivais em uma eventual semi de Kasatkina destaque para a tcheca Katerina Siniakova e para a romena Irina-Camelia Begu, respectivamente quarta e sexta pré-classificadas. Outras que podem pintar pelo caminho são a tcheca Kristyna Pliskova e a montenegrina Danka Kovinic.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis