Notícias | Dia a dia
Serena se queixa mais uma vez de agência antidoping
25/07/2018 às 18h48

Serena já havia reclamado publicamente da Agência Norte-americana Antidoping

Foto: Arquivo

Miami (EUA) - Pouco mais de um mês depois de emitir um reclamação pública contra a Agência Norte-americana Antidoping (USADA), Serena Williams voltou a se queixar da entidade. A ex-número 1 do mundo acredita que o número de exames a que ela é submetida fora do período de competição é excessivo em comparação com outras jogadoras.

Por meio de seu perfil no Twitter, Serena declarou: "Essa é aquela hora do dia que sou 'aleatoriamente' escolhida para um exame antidoping. Eles só testam a Serena. De todas as jogadoras, já foi provado que sou a mais testada. Discriminação? Eu acho que sim".

Embora conteste o procedimento, a vencedora de 23 títulos de Grand Slam reitera estar com a consciência limpa quanto ao cumprimento das regras. "Pelo menos eu vou manter o esporte limpo. E estou preparada para o que quer que seja para que o esporte seja limpo".

Em junho, um levantamento do site Deadspin em consulta à base de dados da USADA constatou que Serena já havia passado por cinco exames antidoping na temporada. Por outro lado, Venus Williams e Coco Vandeweghe foram testadas duas vezes, Madison Keys e Sloane Stephens passaram por apenas um exame cada uma.

Tenistas podem ser testados tanto pela ITF (Federação Internacional de Tênis) quanto por agências nacionais antidoping de seus países de origem ou dos países onde estão competindo. 

Reportagem da revista norte-americana Tennis lembra que Serena já teve prontuários da Agência Mundial Antidoping (WADA) vazados em 2016 a respeito de exceções para uso terapêuticos, as chamadas TUEs, para o consumo de medicamentos que contenham substâncias anteriormente proibidas. O procedimento é legal desde que respeite normas pré-estabelecidas pela WADA, o que é o caso de Serena. Ainda assim, isso pode explicar o alto número de exames a que ela é submetida.

Serena aparece nesta semana no 27º lugar do ranking mundial. Depois de ser vice-campeã em Wimbledon, a norte-americana se prepara para uma série de três torneios de nível Premier. Ela jogará em San José, na Califórnia, na semana que vem, e depois segue para Montréal e Cincinnati. Depois, Serena terá uma semana de treinos para finalizar sua preparação para o US Open.

Comentários
Loja TenisBrasil
Mundo Tênis