Notícias | Copa Davis
Argentina terá trio de capitães na Copa Davis
27/07/2018 às 15h48

Os ex-top 10 Gastón Gaudio, Guillermo Coria e Guillermo Cañas irão comandar o time contra a Colômbia

Foto: Divulgação/AAT

Buenos Aires (Argentina) - A Associação Argentina de Tênis (AAT) anunciou nesta sexta-feira que Gastón Gaudio, Guillermo Coria e Guillermo Cañas assumirão de forma conjunta o cargo de capitão da equipe argentina da Copa Davis. O trio, que ainda contará com a colaboração de Gustavo Marcaccio irá substituir Daniel Orsanic, comandante do time no inédito título de 2016.

De acordo com o comunicado da AAT, a de Orsanic do cargo de capitão se deu por conta das "diferenças de projetos esportivos entre as duas partes" e também para que seja restabelecido um "clima de harmonia" ao grupo que enfrentará a Colômbia entre os dias 14 e 16 de setembro pelos playoffs valendo uma vaga no Grupo Mundial.

Gáudio foi número 5 do mundo e campeão de Roland Garros em 2004, ano em que protagonizou uma final argentina do Grand Slam francês com Coria, que chegou ao terceiro lugar do ranking. Cañas também foi top 10 e alcançou a oitava posição em 2005.

Ex-jogador profissional e agora presidente da AAT, Agustín Calleri comentou a decisão: "Consideramos que esta é a melhor maneira de pôr fim a um ciclo vitorioso e agradecemos a Orsanic por seu trabalho. Como estamos próximos da série contra a Colômbia, tivemos que encontrar uma solução rapidamente. Acreditamos que esta equipe, que funcionará e fará a Argentina retornar ao lugar que merece".

O vice-presidente e membro da comissão de Copa Davis, Mariano Zabaleta, também comentou: "Estamos felizes e orgulhosos de que três referências como eles, que foram top 10 no ranking e jogaram a Davis não apenas aceitaram a proposta, como o farão sem cobrar um peso. Eles entendem a realidade econômica pela qual a Associação está passando, exatamente como dissemos há alguns dias em coletiva de imprensa".

Outro ex-jogador que faz parte do comitê da Davis é José Acasuso. Ele explicou que, a princípio, o trio de capitães irá comandar o time apenas na série contra a Colômbia. "Depois disso, os dirigentes vão se reunir com jogadores-chave para planejar a temporada de 2019".

Comentários